Uncategorized

Alep adia votação sobre bebidas em estádios

Após a confusão de ontem entre torcedores do Coritiba e do Corinthians, deputados resolveram adiar a votação do projeto que libera venda e consumo de cerveja nos estádios e arenas do Paraná.
Os parlamentares consideraram que não seria oportuno votar o projeto nesse momento. O noticiário esportivo está muito envolvido com os acontecimentos de ontem e talvez isso pudesse ter influência maior que a da bancada evangélica na Assembleia, que apresentou projeto para proibir a comercialização e consumo de bebidas alcoólicas nos estádios através de lei estadual.
Na justificativa do projeto que pretende liberar venda e consumo, os autores alegam que o “Estatuto do Torcedor” (Lei Federal nº 10.671/2003) não proíbe a venda e consumo de bebidas alcoólicas nos estádios, mas apenas o “porte de objetos, bebidas ou substâncias proibidas ou suscetíveis de gerar ou possibilitar atos de violência”.

3 Comentários

  1. Porque liberar cerveja no estádio? O que tem a ver o sujeito ir assistir jogo e ter que beber, ainda mais que vemos muitos idosos, mulheres e crianças no estádio.
    Ou querem dizer que a bebida não tem nada a ver com violência!

    NÃO A LIBERAÇÃO DE CERVEJAS NO ESTÁDIO.

    Quer beber fique em casa ou no boteco e tome quantas aguentar.
    Só não dirija depois.

  2. LÍNGUA FELINA Responder

    Se com a proibição de bebidas alcoólicas nos estádios estamos ven-
    do cenas de vandalismo, imaginem se os caras estiverem alcooliza-
    dos. Estes vandalismos precisam ser combatidos com rigor e retirar
    definitivamente os caras que cometeram estes crimes. CADEIA !!!

Comente