Uncategorized

Defesa de Okamotto usa depoimento de FHC para pedir absolvição

Radar On-Line, VEJA

A defesa de Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula, pediu que ele seja inocentado no processo em que é acusado de lavagem de dinheiro. O documento foi entregue ao juiz Sergio Moro na noite desta terça (20).

Segundo os advogados, as alegações finais “demonstram que as provas testemunhais são cabais em relação a inexistência de qualquer lavagem de dinheiro quanto valor pago para a manutenção do acervo”.

A defesa afirma ainda que o depoimento do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foi “esclarecedor quanto a necessidade de doação para acervos presidenciais”.

“A Procuradoria da República, perante o STJ, já havia se manifestado pelo trancamento da ação penal, por atipicidade. O STJ negou habeas corpus entendendo que a questão deveria ser resolvida no processo”, disse o advogado, Fernando Augusto Fernandes.

Segundo Fernandes, a defesa irá recorrer também ao Supremo Tribunal Federal.

2 Comentários

  1. Que papelão Okamotto !!! É o segundo descendente japones meti-
    do em falcatruas, primeiro o Gushiken e agora você !!!

Comente