Uncategorized

Roger Abdelmassih em prisão domiciliar

Condenado a 181 anos de prisão por estuprar pacientes, o médico Roger Abdelmassih recebeu o benefício de cumprir prisão domiciliar.
Pleiteando indulto, ou perdão da pena, com alegação de doença grave e permanente, teve o pedido negado. Entretanto, conseguiu prisão domiciliar, com a justificativa de que que o quadro de saúde dele se agravou nos últimos meses e que precisa de cuidados constantes, que não poderiam ser oferecidos no presídio.
Em casa, ele terá que usar tornozeleira eletrônica e fazer tratamento médico unidades hospitalares que escolher.

Roger Abdelmassih era considerado um dos principais especialistas em reprodução humana no Brasil.
Depois de condenado por 48 ataques a 37 vítimas entre 1995 e 2008 o médico não foi preso por que um habeas corpus do Superior Tribunal de Justiça dava a ele o direito de responder solto.
A revogação do habeas corpus aconteceu em 2011, quando Abdelmassih tentou renovar o passaporte, o que indicou a possibilidade de fuga do país. Teve a prisão decretada, o registro profissional de médico cassado e passou a ser foragido da polícia, já que não se apresentou para prisão.
Depois de três anos, o criminoso mais procurado de São Paulo foi preso no Paraguai pela Polícia Federal e desde então cumpria pena.

3 Comentários

  1. LÍNGUA FELINA Reply

    O que mais nos entristece e nos deixa indignado é como a justiça
    interpreta o futuro dos condenados. O cara estupra centenas de
    mulheres, fez inseminações com trocas e agora setentão e doente
    vai para a prisão domiciliar !? Vamos deixar de lado o aspecto hu-
    manitário e deixar o cara na cadeia. Os juizes que dão este tipo de
    benefício a um monstro como este não é humano antes de tudo.
    Age assim porque nenhum dos seus familiares passaram por este
    horror !!!

  2. Em algum país sério, pena de morte. Ou no mínimo deveriam fazer o fiofó deste estuprador psicopata, eram mulheres sob efeito de drogas, indefesas e frágeis. A justiça brasileira dão proteção para estes atos, concedendo prisão domiciliar….SALVE O PCC

  3. QUESTIONADOR Reply

    -A Justiça pode conceder o indulto para este psicopata estuprador, mas pode ser considerada ineficaz…
    -O cidadão vai cumprir o restante da pena em prisão domicilar. Mas isto não o absolve e nem isente de algum parente das vítimas, fazer justiça com as próprias mãos. Se fosse comigo, faria. Não perderia a oportunidade!!!
    -Nada mais oportuno do que um ditado muito popular nos USA: Deus criou os homens mas o Coronel Colt os fez iguais!!!
    -Coitado deste velhaco, acho que se estivesse preso, poderia viver mais alguns anos. Imaginem viver sob a ameaça constante de ser morto a qualquer hora por algum desconhecido!!!

Comente