Uncategorized

Cunha redige condições para delação

Eduardo Cunha está há mais de um mês escrevendo as condições da sua própria proposta de delação que negocia com o Ministério Público no âmbito da Lava Jato.
De acordo com a Folha de S. Paulo, há três semanas o advogado Délio Lins e Silva, recém contratado por Cunha, teve um encontro com um assessor de confiança do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em Brasília. Forneceu uma amostra do que o ex-deputado pode revelar.
Na segunda semana de maio, Cunha passou a colocar no papel as histórias que quer contar aos procuradores.
Se isso tudo for verdade e as delações de Cunha se concretizarem, a República vai tremer novamente. E com isso, desceremos mais um degrau de uma crise que parecia já estar no fundo do poço. Mas o Brasil se supera a cada instante, parece que o negócio não tem fim.

1 Comentário

  1. Sergio Silvestre Responder

    Tem que tomar cuidado com o Cunha,ele é maquiavélico,mentiroso,o próprio demônio.

Comente