Uncategorized

Joias na casa da irmã de Adriana Ancelmo

Agentes da Polícia Federal do Rio de Janeiro apreenderam hoje 15 joias no apartamento da irmã de Adriana Ancelmo como parte das investigações da Operação Calicute, desdobramento da Lava Jato no Rio. A ação queria localizar 149 de um total de 189 joias adquiridas pelo casal Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo em joalherias da cidade para lavar dinheiro obtido por meio de corrupção.
A própria irmã de Adriana recebeu os agentes federais em casa. De acordo com as investigações da PF, as joias teriam sido dadas por Adriana Ancelmo a uma sobrinha. Do total de joias apreendidas estão cinco anéis, sete brincos, dois cordões e um colar de pérolas.
O outro endereço onde os agentes estiveram em busca de joias foi no apartamento da ex-governanta de Adriana Ancelmo, Gilda Maria de Souza Vieira da Silva. Na casa nenhuma joia foi localizada.

2 Comentários

  1. Que trabalho inútil. Os agentes acham que todas as joias valiosas
    ficariam em algum lugar conhecido !? Estão muito bem guardadas
    em algum lugar lugar da Europa…

Comente