Uncategorized

Gleisi, Requião, e os bastidores da votação
da reforma trabalhista

do Painel, Folha de S. Paulo

Para fazer com que a sessão que aprovou a reforma trabalhista na Comissão de Constituição e Justiça do Senado durasse 12 horas, a oposição fez de tudo para adiar a votação da matéria. Durante os debates, Gleisi Hoffmann (PT-PR) disse que só falaria quando o relator, Romero Jucá (PMDB-RR), estivesse presente. Roberto Requião (PMDB-PR) ajudou a petista:

— Há uma presunção de que a senadora vai convencer o relator com os seus argumentos. Ela está jogando na inteligência e na racionalidade do nosso oráculo, o Jucá! — brincou, ciente de que a petista jamais conseguiria mudar o voto do líder do governo.

4 Comentários

  1. CAÇADOR DE VERMES Responder

    Dois vermes que não pensam no Brasil. So pensam em fazer oposição mesmo naquilo que sabem que é certo. Dois calhordas que os Paranaenses devem rejeitar e não votar nas próximas eleições. Dois chopins que vivem há muitos anos mamando nas tetas do Estado.

  2. eleitor desmemoriado Responder

    kkkkk Maria Louca está mesmo crente de que o seu tempo já era, se agarrar na Barbie paraguaia é prova de que o cara já era, só a espera de que o mandato acabe.

  3. Estes dois personagens que são do Paraná foram eleitos pelos
    próprios eleitores desmemoriados. Não foram para o Senado com
    as suas mãos limpas. Quem precisamos atacar são exatamente
    estes eleitores !!!

Comente