Uncategorized

Janot diz que sentiu ‘náusea’ ao ouvir gravação de Joesley

O Globo

procurador-geral da República, Rodrigo Janot, disse, nesta quarta-feira, que sentiu “náusea” ao ouvir a gravação entre o empresário Joesley Batista e o presidente Michel Temer, que integram a denúncia que será analisada pela Câmara dos Deputados e mostram negociações entre os dois que resultaram no pagamento de R$ 500 mil em propina para por meio do ex-assessor presidencial Rodrigo Rocha Loures.

— Eu fiquei chocado e senti náusea. Fiquei enjoado mesmo — disse Janot em entrevista ao jornalista Roberto D´Avila da GloboNews na noite desta quarta-feira. Ele acrescentou que as gravações não foram combinadas com a PGR.

— De jeito algum. Se o Ministério Público provoca qualquer ato de colaboração ele está anulando toda a delação. Essa gravação foi feita uns 30 dias antes de começarmos a negociar com essas pessoas – acrescentou.

Segundo ele, o acordo prevendo o perdão judicial aos empresários foi a única exigência deles e, diante de tantos fatos graves narrados pelos irmãos Joesley e Wesley Batista foi obrigado a aceitá-la, porque do contrário não teria como investigar os atos.

6 Comentários

  1. Do Interior... Responder

    Esses 500 mil são mixaria perto dos 14 bilhões dados aos Batista e dos 20 bilhões desviados só na refinaria de Abreu e Lima. Mas Temer tem que ir para a cadeia também.

  2. CAÇADOR DE VERMES Responder

    E vc também sentiu náuseas ao vovir sobre as roubalheiras de Lula Sr. JanoT????????

  3. Doutor Prolegômeno Responder

    A verdade é que tentaram aplicar ao presidente bananeiro uma das dez medidas nazifascistas contra a corrupção: o tal teste de integridade.

  4. -Náusea!!!
    -Náusea é o que a sociedade brasileira sente todo santo dia, diante da (in)justiça brasileira e das “instituições em pleno funcionamento”…
    -Ora!!! Não me faça vomitar senhor Janot!!!

  5. Quem tem ânsia e vomita todo dia são nós brasileiros que temos que ouvir esse procurador vomitar asneiras.

Comente