Uncategorized

Denúncia contra enfermeiros do Hospital do Idoso

Ontem à noite a Secretaria Municipal de Saúde prestou queixa no 8º Distrito da Polícia Civil contra 31 auxiliares de enfermagem e enfermeiros, que abandonaram seus postos no Hospital do Idoso.
Segundo a Secretaria, os profissionais deixaram desassistidos 20 pacientes internados na UTI e 88 nas enfermarias, omitindo socorro e pondo em risco a vida dos internados. Além disso, provocaram o cancelamento de sete cirurgias programadas.
Apenas quatro dos 35 profissionais cumpriram a escala de trabalho. Para não deixar desassistidos os pacientes, a Secretaria de Saúde deslocou servidores de outras unidades para garantir o atendimento no Hospital do Idoso.

Os funcionários da Fundação Estatal de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba (Feaes) alegam que estão em greve.
A Prefeitura pede à Feaes a abertura de processo administrativo contra os funcionários que abandonaram seus postos pondo em risco a saúde dos pacientes. A Procuradoria-Geral do Município também vai acionar a Justiça, pelo descumprimento de medida judicial obrigando o atendimento mínimo legal.

3 Comentários

  1. Paulo Tadeu Macedo Neves Reply

    Prefeito Rafael Grecca.
    Está na hora de tomar as rédeas da prefeitura.
    Põe na rua esses enfermeiros sindicalistas.
    Esse é o modelo padrão que eles agem, fazendo greves e deixando a população na mão.
    Fora sindicatos fora Petezada.

  2. Uė o Rafael Grécia falava de boca mole e cheia, Deixa que eu faço!!! Sabe nada, ele ia na onda da equipe Lerner, a qual não tem mais pela Traição com Requião ! TÁ PERDIDO E AFUNDANDO MAIS A PMC .

  3. eleitor desmemoriado Reply

    Que bando de canalhas, abandonar os pacientes desta foram, não merecem só demissão por justa causa mas também responder inquérito policial. Omissão de socorro ainda é crime, o povo não tem culpa dos ódios dos empregados do prefeito, se eles não gostam do prefeito, da prefeitura ou do emprego que caiam fora, mas não desta maneira.

Comente