Uncategorized

Político tradicional já era: maioria quer candidato novo em 2018

A classe política está realmente em descrédito com a população no Brasil. Levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas mostra que 59,4% dos brasileiros preferem votar em um candidato novo, mesmo que não seja conhecido em 2018. Apenas 34,4% dos eleitores disseram preferir um candidato com experiência política, entre as lideranças já conhecidas. As informações são de Kelli Kadanus na Gazeta do Povo.

A mesma pesquisa mostra, ainda, que o eleitor deve ser exigente com quem tiver o nome envolvido em escândalos de corrupção. Pelo menos 73% dos brasileiros garantem que não votariam em um candidato mencionado na Lava Jato, mesmo que a Justiça ainda não tenha demonstrado que ele é culpado.

Outros 14% dos brasileiros disseram estar dispostos a votar em candidatos mencionados na operação, 11,3% disseram que talvez votariam nesses candidatos e 1,3% não soube responder ou preferiu não opinar.

A pesquisa também mostra um alto grau de rejeição aos “políticos profissionais”. O que tem maior ojeriza do eleitorado é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva: 54% dos brasileiros disseram que não votariam no petista de jeito nenhum. Em seguida aparece o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), com 47,2% de rejeição, seguido pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), rejeitado por 45,9% dos brasileiros. O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), tem 36,8% de rejeição dos eleitores brasileiros.

Avaliação do governo

A Paraná Pesquisas também mostrou que os brasileiros não estão satisfeitos com o governo do presidente Michel Temer (PMDB): 85% dos eleitores desaprovam o governo. Apenas 12,7% dos brasileiros aprovam a gestão de Temer e 2,3% não sabem ou não opinaram.

Além disso, 75,2% dos brasileiros classificam a gestão de Temer como ruim ou péssima; 17,1% consideram regular e apenas 6,2% classificam a administração como boa ou ótima.

Dados técnicos

A pesquisa foi realizada entre os dias 18 e 22 de setembro de 2017, em todo o território nacional. Foram ouvidos 2040 eleitores com 16 anos ou mais. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos e o grau de confiança atinge 95%.

3 Comentários

  1. CAÇADOR DE VERMES PETISTAS Responder

    Sinal de evolução de consciência política.
    Não podemos mais eleger esta corja que ai esta.
    Bando de sangue sugas que de pai pra filho, neto e bisneto se mantém no poder na mais completa vadiagem, vivendo exclusivamente ás custas dos impostos arduamente pagos pelos contribuintes e temos vários exemplos aqui no Paraná deste tipo de ratos e ratazanas.

    Se isso resultar positivamente vou começar a acreditar que este pais tem jeito sim.

  2. “Candidato novo. Novas caras. Novas promessas. Mas… Devagar com o andor que o santo é de barro. Sem as mesmas velhas e surradas praticas da nossa politica tupiniquim. Não adianta colocar um terninho novo. Botox. Para dar uma aparência de modernidade se persistirem os mesmos vícios. Essa ‘PSEUDO REFORMA POLITICA’ que de reforma não tem nada. Não mudou nada. Não se preocuparam com mudanças. Apenas com financiamento com dinheiro público para manter privilégios. Tão somente e apenas isso. Nada além disso. Não se iluda achando que eles estão preocupados com o bem do País. Da República. Do povo. Esse nunca foi o propósito deles e nunca será. #ACORDABRASIL…” – Profº Celso Bonfim

  3. Quando me lembro onde chegaram o Beto Richa e o Aécio do Pó com o papo que eram novos alguns anos atrás fico preocupado com esse papo.

Comente