Uncategorized

Ninguém dá bola para Requião

Está dificil a vida política do senador Requião. De figura referencial passou a periférica e acumula vexames. Anunciou mega reunião em Dois Vizinhos, apareceram 18 gatos pingados. Agora, nem as rádios do interior se interessam por uma entrevista dele. Requião reclama, passa recibo, fica estomagado com o que chama de pouco caso por ele. Aí vai uma queixa contra a rádio de Cornélio Procópio. O Ipsis Literis, os erros ortográficos e gramaticais ~sao do autor,

Roberto Requião‏Conta verificada @requiaopmdb 2 hHá 2 horas
Minha acessoria combinou entrevista na 104 fm, de Cornélio, hoje 8:20. Não atenderam nem o tel fixo , nem celular. Obrigado Gildo Alves.

7 Comentários

  1. Dizem ele recebe por mês quase quinhentos mil reais,as aposentadorias,salários e outras opções,quer mais o que,se o povo recebe em media de mil reais por mês de aposentadoria. Este e o Brasil das esquerdas.

  2. se quiser continuar na teta, vai para senador, apesar de que não tem meu voto, sempre teve, mas depois que se aliou com a quadrilha corrupta do PT, meu voto nunca mais.

  3. Parreiras Rodrigues Responder

    A decantada intelectualidade não vai além de orelhas de algum livro. Os discursos, antes admiráveis, de tanto repetidos, encheram o saco.
    Como é mesmo o poema: Se caráter custa caro, pago o preço. Pelo visto, barateado como troco de feira.

  4. Que fase…. “acessoria”…. a assessoria do senador senil precisa de uma, de português… É fim da carreira mesmo…

  5. RICARDO JOHANSEN Responder

    Caro FÁBIO, até que enfim os maltratados eleitores paranaenses estão acordando para os fatos da realidade. Os atuais agentes políticos e parlamentares do estado e da república, que tanto humilharam os eleitores nos últimos 25 anos terão a resposta merecida do eleitorado em 2018. Esse é o primeiro sinal da intolerância da massa. Essa classe precisa ser extirpada como câncer do organismo social da nossa sociedade. A limpeza deve ser realizada inclusive das metástases. Atenciosamente.

Comente