Uncategorized

O protesto de Moro

O juiz Sergio Moro protestou contra o habeas corpus que encerrou a prisão preventiva do ex-gerente da Petrobras Luis Carlos Moreira da Silva, assim informa a coluna Radar.
O executivo será solto hoje, após decisão do Tribunal Regional Federal, em Porto Alegre. Ele já foi condenado pelo magistrado, e respondia em liberdade até ser detido na 46ª fase da Lava Jato, na última semana.
Segundo o juiz, manter Luis Carlos Moreira da Silva em liberdade “significa, na prática, premiar o comportamento de destruição de provas e colocar em risco a recuperação do produto do crime e aplicação da lei penal”.
Moro diz nos autos que Moreira da Silva apagou seletivamente de sua caixa postal mensagens incriminatórias que teria trocado com outros executivos da Petrobras. E que a prisão cautelar só não foi decretada antes porque o MPF a requereu somente nas alegações finais. Também afirma que essa prova produzida durante a instrução da ação penal foi essencial para os fundamentos da prisão preventiva.

(Foto: Paulo Whitaker/Reuters)

10 Comentários

  1. Sergio Silvestre Responder

    Isso tudo é encenação,o que eles querem é o Lula mesmo sem provas,ficam um erguendo a cola para o outro pra ficar em evidencia,adoram um microfone ou camera,adoram foguetes e loas,são uns vendilhões da Patria,num concurso serio nunca poderiam ser autoridade,.

  2. Sergio Silvestre, você que é o ” dono da verdade e guardião da democracia vermelha”, diga ao Brasil a sua qualificação, já que se acha no direito de criticar o Juiz Sergio Moro que vem colocando na cadeia os vendilhões da Pátria. De repente, vamos colocar lado a lado o currículo de Sergio Moro e o seu para que a população faça uma avaliação.

  3. Doutor Prolegômeno Responder

    “Nunca vi fazer tanta exigência…” Vivemos num país virado de cabeça para baixo, onde o piso dá ordens às instâncias superiores…

  4. Até então o Tribunal Regional era considerado sério, aumentando inclusive, as penas aplicadas pela primeira instância. Bastou uma decisão colegiada contrariar essa primeira decisão para a sua decisão ser questionada. Temos donos da verdade.

  5. Primeiramente, calaboca Sérgio Silverste. Segundamente, esse cabra (o juizeco de segunda instância) é comprometido ideologicamente com o petê.

  6. Roberto rodrigues Responder

    Os trouxas anteriores a casa do seu preferido desmoro vai cair. Vão aparecer as provas de como ele e esposa trabalhavam nas delações com o padrinho zucoloto. Asnos. Trouxas

  7. Uééééé!
    Mas e a máxima de que decisão judicial não se questiona: cumpre-se e, se não concorda, recorre.
    Não vale quando é para juiz! É feio o juiz “a quo” questionar e tentar desmerecer decisão do juízo “ad quem”; isso depõe contra a própria instituição da Magistratura.

  8. NÃO VOTE EM QUEM JÁ FOI Responder

    Veredito, o único diploma do bunda tatuada é exatamente a estrela do PT tatuada na bunda. E que ele coloca no seu curriculum com orgulho.

  9. Assim caminha a justiça brasileira. Uma imensidão de corruptos
    que roubam pra valer, continuam rindo na nossa cara e alguns ma-
    gistrados lutando a favor deles. Vai crescendo dentro de nós uma
    grande sensação de impunidade, porem temos que continuar an-
    dando e agindo corretamente para que na era dos nosso filhos e
    netos alguma notícia boa possa surgir…

Comente