Uncategorized

O atraso é nosso e Requião é o craque

do Fernando Tupan

O Brasil só se move de forma rápida e eficaz quando é para prejudicar o brasileiro. Vejamos esse caso da Uber, uma atividade que baixou o preço do transporte, aumentou a mobilidade e deu emprego para milhares de pessoas. Atendendo reclamos corporativos o Senado se apressa para votar um projeto que engessa a atividade e praticamente a inviabiliza por atirar o aplicativo na selva burocrática kafkiana. Esperamos que, ao contrário do que habitualmente ocorre, um surto de bom senso baixe feito o Espírito Santo sobre as cabeças dos nossos políticos.

O caso da Uber é também mais uma demonstração de que sempre se pode contar com o senador Roberto Requião (PMDB) quando se trata de apostar no atraso. Especialista em jornadas passadistas, com a cabeça fossilizada na década de 60 do Século passado, Requião considera o Uber uma iniciativa funesta, comandada pelo perverso capital internacional, sempre ansioso em impor perdas aos brasileiros.

O senador teve a genial ideia de jerico de fazer uma enquete no Twitter sobre o tema. Apesar da indução desonesta que usou na pergunta (“O Uber escraviza motoristas, nada tem a ver com o custo, aumenta preços com a procura e manda seus lucros para fora. Vc é a favor do Uber?), foi esmagado por 77% de respostas sim e 23% não. Com a proverbial incapacidade de admitir derrotas, tirou a enquete do ar sem comentar o resultado.

10 Comentários

  1. Esse velho vagabundo que envergonha o Paraná, não precisa usar UBER, até porque conseguiu, além de seus ganhos astronômicos, colocar irmãos, filho e toda a caterva familiar em postos com ganhos que poucos brasileiros sonham em ganhar.

  2. O Requião está a quase sete anos no Senado, procurei o que ele fez pelo Paraná neste todo. Não achei nada, nem no site do senado, e também em nenhuma matéria jornalística. Daí fica a pergunta, por que votar nessa psrasita novamente?
    Se alguém tiver alguma notícia do ele fez como senador pelo Paraná eu desafio a postar a matéria.

  3. É por fatos deste tipo que meu filho, atleta de futebol em formação, quer de qualquer jeito sair do país para tentar uma vida honesta em algum lugar onde os direitos humanos sejam respeitados, mas também os direitos daqueles que buscam uma atividade que permita formar uma família com segurança. E olhem que ele tem apenas14 anos ejá pensa tirar a família dele o mais rápido possível do Brasil. Tem várias propostas de clubes brasileiros e europeus, mas seu foco é o exterior por questões de segurança e cultura.Enquanto tivermos políticos deste nível vamos perdendo talento para o mercado internacional e ficamos com a “uma reba” que se contenta com pão e circo.

  4. Eu rotineiramente uso o Uber , por ser mais barato e rapido .

    Em Sao Paulo sao cerca de 50.000 uberistas , na maioria sao pessoas que perderam o emprego e estao trabalhando de Uber .

    Vi dois problemas com o Uber :

    1-Cadastro é feito somente pela Internet ..nao existe checagem dos dados ..qualquer marginal pode se cadastrar ..nos EUA falsidade ideologica da cadeia brava…aqui nas terras tupiniquins ..ninguem vai preso por isso..

    2-O Uber cobra 25% do valor da corrida , ficando com o motorista todos os custos : gasolina, pneus, freios, oleo , INSS, FGTS , etc…portanto numa cidade como SP o Uber fatura limpo 1.000.000 por dia . Como eles legalizam esse dinheiro ???

  5. Está mais que na hora de os paranaenses aposentarem o Requiãosauro. Mamona nunca mais!

  6. O capital internacional só é perverso quando corrompe o político, é corrompido pelo mesmo ou financia a campanha do mesmo. Mas como isso não acontece no Brasil onde habitam os políticos mais honestos do planeta por metro quadrado, temos por parte do ancião descompensado um discurso velho, surrado, para um grupelho amestrado. Mas vai que algum imbecil acredita.

  7. Por favor, deixem o Requião em paz! Não mexam com o homem! O Paraguai agradece! Lembram da matéria da Gazeta do Povo? F..da-se o Paraná!

Comente