Uncategorized

É de dar engulhos

Por obrigações profissionais, assisto ao depoimento de Wesley Batista a CPMI da JBS.
É de dar nojo a maneira como deputados e senadores esbanjam palavras como se fossem os mais íntegros dos homens. Muitos deles, inclusive, receberam doações do grupo, fizeram negociatas, estiveram com os Batista do mesmo lado da mesa, a vender suas possibilidades de legislar.
Os Batista compraram parlamentares, sim. Mas só porque eles estavam a venda.
A CPMI da JBS é o resumo do circo sem graça que é o país.

1 Comentário

  1. Sergio Silvestre Responder

    Inclusive deram malas de dinheiro para irmão de governador aqui né Campana.

Comente