Uncategorized

CUT lança programa de demissão e funcionários ameaçam greve

Funcionários da CUT, braço sindical do petismo, ameaçaram entrar em greve nesta semana, depois que a central iniciou na terça-feira (14) um programa de demissão para enxugar em quase 60% sua folha de pagamento. A entidade, com 178 empregados, se diz asfixiada pelo governo Michel Temer, que, com a reforma trabalhista, acabou com a obrigatoriedade do imposto sindical. O tributo, que equivale a um dia de trabalho, é um dos principais recursos das centrais.As informações são de Catia Seabra na Folha de S. Paulo.

Embora a cúpula da entidade afirme ter consultada seus trabalhadores sobre os critérios de exoneração, os funcionários chegaram a anunciar a deflagração de uma greve.O presidente da central, Vagner Freitas, diz desconhecer o movimento. Queixando-se de perseguição política, Freitas informa ainda que o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares aderiu voluntariamente ao programa, abrindo mão de um salário de R$ 15 mil.

A direção da CUT argumenta que o plano de demissão de funcionários foi uma resposta ao fim do imposto sindical obrigatório. De acordo com Freitas, a redução permitirá a manutenção das atividades da central. Ele não informou qual o impacto da medida adotada pelo governo Temer nos cofres da entidade nem o orçamento global da entidade. Em 2016, ela recebeu R$ 59,8 milhões da contribuição.

9 Comentários

  1. Puro blefe, o governo vai editar um novo imposto, que roubaram do trabalhador três dias e meio de salário. E vai ser por medida provisória na calada da noite, no apagar das luzes de 2017. Já deu pra conhecer bem o caráter do atual presidente. A CUT quer demitir o máximo possível de funcionários para sobrar mais dinheiro, não caiam nesse tremendo, grande e baixo conto-do-vigário Cutistas!

  2. kkkkkk. Acabou a mamata dessa corja! Parabéns Temer! Se não fizer mais nada até o final do seu governo, já valeu pela coragem que teve em acabar com esses pelegos agitadores. Fora CUt

  3. Maior fonte de receita desses pelegos era oriunda do governo Ptralha. Essa fonte por enquanto secou juntamente com o imposto sindical. Só falta secar os sindicatos pelegos e sumirem de vez. Só servem para enriquecer os pelegos como delubio com salário de 15 mil.

  4. Nada como um dia depois do outro, mais um, pimenta nos olhos dos outros é refresco, não foi assim que a Central sempre tratou as empresas que vinham com PDV? Elas faziam isto porquê? Porquê odiavam os seus empregados/ Pois é, até os que tanto abominam o capitalismo acabam se rendendo a realidade, da realidade econômica ninguém escapa, gostando ou não.

Comente