Uncategorized

Londrina: estagiário preso

Um estagiário da Justiça Federal de Londrina foi preso hoje pela manhã após acessar sem autorização o processo de um dos maiores traficantes do Brasil, o ‘Cabeça Branca’, Luiz Carlos Rocha.
O estudante foi detido por volta das 8h30 na universidade onde estuda Direito e, de acordo com a polícia, possui relacionamento direto e íntimo com parentes do criminoso.
“A Polícia foi informada pela 23ª Vara Federal de Curitiba de que ex-estagiário de direito da Vara Federal Previdenciária estaria utilizando senha disponibilizada exclusiva e restritamente para o trabalho com a finalidade de acessar ilegal e irregularmente o processo criminal referente à Operação”, diz a nota da PF.
Os policiais também cumpriram dois mandados de busca e apreensão na cidade. “As informações da 23ª Vara Federal de Curitiba traziam detalhes dos números dos inquéritos policiais utilizados pelo ex-estagiário para acessar o processo criminal da Operação SPECTRUM, sendo que após quebra de sigilo telemático determinado pela Justiça, a pedido da Polícia Federal, foi possível identificar os acessos ilegais e irregulares ao processo criminal feito em outros Estados da Federação e até mesmo em solo paraguaio”, informou a polícia.

A quebra de sigilo permitiu identificar os usuários dos inquéritos policiais no momento exato do acesso. Os suspeitos serão ouvidos e um inquérito policial será instaurado para apurar os fatos.

A prisão aconteceu no âmbito da “Operação Controle” da Polícia Federal.

Com informações do Paraná Portal.

3 Comentários

  1. Meio velhino para ser “estagiário”…Pra mim é membro da gang infiltrado na justiça…

    Aliás o que mais temos neste país são infiltrados.

  2. É assim que ocorrem a maioria dos vazamentos criminosos, tais como aquele de um tal ofídio, cuja Condução Coercitiva e Busca e Apreensão havia sido determinada na Lava Jato em 2016!!

  3. Não dá nada! Os tais que vazaram a operação contra Lula (e que possibilitou a ele esconder a maioria das provas contra si) estão aí, dando de dedo no juiz Moro!!

Comente