Uncategorized

Escola sem partido na Câmara de Vereadores

Está na pauta de hoje da Comissão de Legislação, Justiça e Redação da Câmara de Curitiba o ‘Programa Escola sem Partido’. Embora a matéria já tenha sido encaminhada à Secretaria Municipal de Educação para opinião e a resposta tenha vindo clara, afirmando que a escola “é um espaço de pluralidade de ideias e que o trabalho docente é exercido fundamentado pela liberdade em desenvolver aulas em que o conhecimento científico seja abordado de forma crítica”, o projeto de lei segue na Casa. O principal reclame da trinca de autores Ezequias Barros (PRP), Osias Moraes (PRB) e Thiago Ferro (PSDB): “é necessário e urgente adotar medidas eficazes para prevenir a prática da doutrinação política e ideológica nas escolas e a usurpação do direito dos pais a que seus filhos recebam educação moral que esteja de acordo com suas próprias convicções” – necessário lembrar que os vereadores têm posições religiosas muito definidas e se por um lado pregam a ‘escola sem partido’, por outro desprezam a laicidade do Estado.

1 Comentário

  1. Bispo Ferro, envolvido em cobrança de dizimo dos assessores na Casa Civil (governo do Beto)…acusações que estão sendo investigadas pelo MP-PR…

    Te cuida Bispo, te finge de avestruz e deixa a poeira baixar…ou pode sair algemado da CMC

Comente