Uncategorized

Centro Cultural da Justiça Eleitoral

Cultura nunca é demais. Ao contrário, neste país, é sempre de menos. Mas criar o Centro Cultural da Justiça Eleitoral no Rio de Janeiro a esta altura do campeonato é um tanto contraditório, vide a dificuldade de espaços públicos semelhantes se manterem. Mas isso foi feito. O projeto será na antiga sede do TSE, edificação belíssima de 1896, situada no Conjunto Arquitetônico e Urbanístico da Praça XV de Novembro.
Para promover “programas, exposições e atividades educativas e culturais de interesse da Justiça Eleitoral e de promoção da cidadania”, serão necessários, diz o texto, “como estrutura mínima” quatro cargos em comissão, fora o resto: segurança, cafezinho, água, luz, telefone, internet… E sem contar que entra no mercado um novo concorrente para os recursos de editais públicos de fundos de incentivo à cultura.

1 Comentário

  1. Doutor Prolegômeno Reply

    A Justiça brasileira gasta dinheiro aos borbotões. Além do auxílio-livro, entre outras dezenas de penduricalhos, logo criarão o bolsa-cultura para custear teatros, cinemas e outros programas culturais. O Brasil é riquíssimo. Pobreza é coisa de pobre.

Comente