Uncategorized

‘Heterossexual está virando minoria’

O ministro do Superior Tribunal de Justiça, João Otávio de Noronha, criou polêmica ao dizer frase que muitos pensam e poucos têm coragem diante das patrulhas dos tempos atuais. Ao afirmar que o juiz não pode apenas ser pautado pelas minorias, ele emendou a dizer que os heterossexuais ‘não têm mais direito nenhum’ e que estão ‘virando minoria no Brasil’.
É claro que houve gritaria e por meio de nota ele teve que esclarecer que fez uma brincadeira. E ressaltou que foi o primeiro juiz a reconhecer a união homoafetiva e sempre respeitou os direitos das minorias.
Noronha aproveitou a palestra no seminário Independência e Ativismo Judicial: Desafios Atuais, para tratar também de um outro ponto frágil dos relacionamentos diante dos tribunais: o namoro. Para quem está solteiro, disse, é preciso ter ‘cuidado’ na hora de ir em frente em um namoro, ‘porque você pode ter amanhã vínculo jurídico que você não tinha desejado’, em alusão ao reconhecimento dos direitos de pessoas em união estável. ‘E se fizer declaração de que é só namorado, tem ministro, tem juiz, que diz que isso não vale. Que não expressa a vontade real’.

8 Comentários

  1. Do Interior.... Responder

    Ele falou a verdade. As minorias estão mandando na maioria. Isso não é democracia!

    As minorias que deveriam ter privilégios são os moradores de rua, os idosos e crianças sem famílias…..

    Não fazer divisão por cor da pele, sexo ou classe social. Isso está errado!

  2. NÃO VOTE EM QUEM JÁ FOI Responder

    Para o lado que você olha enxerga um viado. Antigamente fumar era legal, hoje fornecer o respectivo que é bonito.

  3. Sergio Silvestre Responder

    Curitiba é a cidade que menos sexo se faz no mundo,portanto ai não vão ter esse problema,o prefeito pinta a cidade de rosa e muda o nome de Curitiba para BOIOLOPOLIS.

Comente