Uncategorized

Fora da prisão por um dia

O ex-diretor da Petrobras, Renato Duque, deixou na semana passada a carceragem da Polícia Federal em Curitiba, sua residência desde 2015. A saída foi por um dia, viajou até São Paulo, escoltado pela PF, para visitar o pai que está internado em estado grave na UTI. Saiu pela manhã e voltou à noite.
A voltinha está dentro da Lei de Execução Penal, que permite a saída, mediante escolta, em caso de falecimento ou doença grave do cônjuge, companheira, pais, filhos ou irmão do preso.

Comente