Uncategorized

Freio e contrapeso

Painel, Folha de S. Paulo

Criticado pelo impacto que a decisão que restringiu o uso da condução coercitiva pode ter sobre a Lava Jato, Gilmar Mendes, do STF, traz a questão para o campo terreno. “O cidadão comum, que deve dar esclarecimentos e pode ir depor… O que custa enviar uma intimação antes?”, indaga. “Levar a polícia, buscá-lo na frente dos filhos… Isso tem efeitos deletérios.” À previsão de que o resultado será o aumento de prisões temporárias, responde: “Se houver excesso, o sistema vai controlar”.

4 Comentários

  1. Isso é conversa de pai de bandido, coitadinho deles, e o povo que se lasque, vai pescar protetor de bandido e seja engolido pelos tubarões

  2. O protetor dos corruptos pensa que todos são imbecis. ” que custa enviar uma intimação antes?” Com isso o corrupto mexe os pauzinhos pra livrar a cara, ou não será encontrado pois tinha uma viagem marcada. Tem que afastar este que é, na minha opinião, o maior corrupto da história do STF.

  3. Gostem ou não, é o que diz a lei. E muito claramente. Estamos indo para uma situação de que os fins justificam os meios. Do jeito que está qualquer cidadão está sujeito a essa arbitrariedade.

Comente