Uncategorized

O PIB e a Previdência

“O que afeta PIB e juros é a aprovação ou não da Previdência. Muito mais do que a opinião das agências. Como já escrevia Nelson Rodrigues, nada mais brutal do que o fato. E o fato vai ser ditado pela Previdência ser aprovada ou não” – Henrique Meirelles, ministro da Fazenda, a’O Globo.

4 Comentários

  1. Sergio Silvestre Responder

    Pois é,essa semana uma juiza embargou a licitação de um viaduto aqui em Londrina onde já deveria te-lo construído a dez anos atrás.
    Falei do viaduto,mas no Brasil existe uma coisa estranha,onde um poder age para ferrar o outro,mas quando o assunto é benesses ou mazelas como a corrupção eles se juntam e se ajudam.
    Tudo aqui é feito para se gastar mais e a população ficar privada de bem estar,eu acompanho esse caso dos pedágios desde que foram implantados e ai está mais uma caixa preta onde bilhões foram distribuídos e mantidos numa ilegalidade,pois o cidadão sem direitos de ir e vir foi engolindo isso por quase 20 anos.
    Vejo agora membros da justiça como o Dalagnol entrando na politica,no mesmo rastro vem o Joaquim Barbosa e até o Moro,ai eu fico pensando,com que grau de isenção esse povo condenou ou absolveu alguém.
    Se eles tem partidos políticos,eles vão pender sempre para sua irmandade,e é claro os adversários sempre serão punidos de alguma forma .
    Vem ai 2018 com o Brasil numa bagunça geral,com um ministro da fazenda mentiroso,dizendo que estamos saindo de uma crise que ele ajudou fabricar.
    Vamos ter que aguentar um presidente que em qualquer Pais do mundo estaria ao menos em prisão perpetua.
    Um ministério digno de um gangsterismo de Scar Face e seu bando,e uma população em estado de choque,não acreditando no que está vendo e com uma saudade danada do Lula.
    Mas a culpa de alguns ,aquela forma de se penitenciar,sabendo do que fizeram no verão passado,muitos ainda não se manifestam até por vergonha de dizer que erraram feio;.

  2. A Reforma da Previdência parece ser a salvação da lavoura para este desgoverno do presidento Dilmo. Desde que esta “fantasia” foi proposta nunca foi bem explicada e, muito menos entendida. Por quê quem já puxa a carroça precisa puxa-la mais tempo, já não sofre o suficiente? A razão é muito simples, porque Estados e Municípios não conseguem mais pagar os seus empregados, aí o pobre trabalhador, aquele que trabalha muito e ganha pouco precisa trabalhar mais para ganhar o mesmo. Conte-nos a verdade Henrique Meirelles, aonde está o tal “Déficit da Previdência”, está tão bem escondido que nem ele sabe aonde está.

Comente