Uncategorized

Os números das Universidades estaduais do Paraná

Em 2016, 12 mil estudantes concluíram a graduação nas sete universidades estaduais do Paraná. O Estado é o segundo do Brasil que mais forma nas escolas públicas estaduais, atrás apenas de São Paulo (26 mil), que tem 71 escolas superiores administradas pelo governo estadual. Os dados são do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e da Secretária de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

“Todas as nossas universidades são bem avaliadas em rankings nacionais e internacionais, o que atrai não só alunos paranaenses, mas também de outros locais do Brasil. Cerca de 25% dos alunos são de fora”, disse o secretário da pasta, João Carlos Gomes, sobre a procura pela graduação nas escolas do Paraná.

“Destinamos 35% das correntes líquidas para a área, sendo que 6% vão para o ensino superior. Isso faz com que o Paraná seja o segundo do Brasil que mais destina recursos para formar estudantes e fortalecer o ensino”, completa.

Hoje, há 72 mil estudantes matriculados nas universidades estaduais que oferecem 378 cursos, 93% dos professores têm mestrado ou doutorado e a maioria está concentrada no interior do Estado. O Paraná é o segundo do Brasil com mais professores com esta qualificação fora da Capital, atrás apenas de Minas Gerais. O dado é do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

6 Comentários

  1. Por essas e outras razões, tanto o governo do Paraná, como a imprensa e a população devem defender esse patrimônio. As IES atraem estudantes que movimentam a economia; muitos, ao se formarem, ficam aqui agregando qualidade aos vários setores que desenvolvem o interior do Estado. Sem contar os recursos referentes aos salários dos funcionários e professores, que fazem girar as economias de todas as regiões, pois as IES estão bem espalhadas pelo Estado. Ou seja, as IES, longe de representarem custo para o povo paranaense, são um grande investimento que, nos últimos 20 anos, pelo menos, tiveram uma grande parcela de responsabilidade na colocação do Paraná como um dos melhores Estados do país para se viver e investir.

  2. Mas o ensino superior não é da competência da União? Então o Brasil está em falta com o Paraná, como sempre.

  3. Glauber Dantas Responder

    Buraco negro… falta transparência e gestão…. resultados pífios diante do que se gasta lá…. antro vermelho

  4. Se vangloriam dos seus números, mas lamentavelmente ainda não aplicam as políticas de cotas.

Comente