Uncategorized

A relação de Serraglio com a fiscalização do Ministério da Agricultura

O deputado Osmar Serraglio conta uma experiência atual para mostrar como um deputado tem relação necessária e saudável com a fiscalização do Ministério da Agricultura. Com isso pretende demonstrar que as acusações contra ele de interferir na fiscalização para obter vantagens é pura ficção. É o que segue.

“Há semanas há um frigorífico de Rio Negro, Paraná, que precisa de uma vistoria do Ministério da Agricultura para poder vender alguns produtos. Não conheço uma alma daquela empresa. Quem me solicitou foi um deputado federal de Santa Catarina. Resisti em ligar à Superintendência do Ministério. Afinal, interferência de político é sinônimo de propina. Acreditando ser meu dever, liguei à Superintendência. Disseram que o fiscal estava de licença ou férias.

A imprensa pode ir ao frigorífico e constatar como é desanimador depender de serviços públicos para gerar emprego. Além dos prejuízos na produção.”

5 Comentários

  1. THIAGO ALMEIDA Responder

    Isso é a pura verdade. Se alguem precisa de algo que está enrolado, como sempre no serviço público, sempre recorre a alguma autoridade, geralmente os mais próximos. Se a autoridade (geralmente político) nao interfere, leva pau, se interfere, leva pau. Ninguem mais sabe o que quer e na verdade só quer criticar.
    BETO FUSCAO, com a criatividade do nome que usou, melhor morrer mesmo. PQP kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. COMO ESTÁ PRÓXIMO ÁS ELEIÇÕES, OQUE TEM DE CACHORROS E CADELAS PAGO PARA LATIR EM NOME DE DEPUTADOS ÁS CUSTAS DO DINHEIRO DE GABINETE PARLAMENTAR EM MUNICÍPIOS VILAS E BAIRROS, VAI SER UMA FESTA TCHÊ!!!

Comente