Uncategorized

Del Nero ainda dá as cartas na CBF

A Fifa desconfia de Marco Polo Del Nero, afastou-o da direção por suspeitas de corrupção. Ele não pode nada, nem mesmo dar um pulinho em seu escritório na CBF. Mas isso não impede que continue no comando da entidade.
Com a diretoria formada astuciosamente antes de ser afastado e o vice-presidente, Antônio Nunes, assinando suas decisões, Del Nero despacha à distância, indica negociações e até, pasme, decide a data das eleições da CBF.
Brasil: o país do futebol.

Comente