Uncategorized

‘Para o gáudio dos golpistas’

“Essa história do Donald Trump e, no Brasil, do [apresentador Luciano] Huck é que é o absurdo da análise política. Para que querem que nós tenhamos um plano B? Se tivermos um plano B estamos fazendo o trabalho que eles querem por eles. Por que vamos tirar o Lula do pleito por uma acusação da qual achamos que ele é inocente? Para ganhar a eleição? Que eleição que importa alienar um líder do tamanho do Lula por uma acusação? Que covardia é essa? Para gáudio dos golpistas, dessa direita e dessa oligarquia atrasada do país?. Os que querem o plano B são os mesmos que queriam que eu renunciasse. E por que eles queriam isso? Por que tinham alguma consideração por mim? Não! Porque eu impediria um striptease político de um golpe claramente feito”.
Dilma Rousseff em entrevista para o El País.

(Foto: André Feltes)

7 Comentários

  1. Luciano R. Ayres Responder

    Essa Energúmena, sem vergonha ainda quer bancar de inocente, depois de todas as falcatruas no seu governo, e do seu amiguinho sapo barbudo que
    praticamente levaram o país a bancarrota e com milhões de desempregados. Chega desses salafrário metidos a socialitas e que vivem no bem bom, viagens para os EUA, para a Europa só de 1ª classe e hotel 5 estrelas. Esses sanguessugas tem que ir para a cadeia junto com o Cabral e outro amigos.

  2. ESTAMOS DE OLHO Responder

    O LULARAPIO SAFADO PARA QUEM NAO SABE
    SE APOSENTOU AOS 35 ANOS SO POR QUE PERDEU
    UM DEDO,E VIROU LIDER PILANTRAU NO ABC PAULISTA
    SAFADAO ENGANA TROUXA.TEM QUE SIFU……

  3. xiru de palmas Responder

    NENHUM, MAS NENHUM MESMO, presidente, pode governar o país se não tiver um apoio da câmara e do senado.
    Quando a Dilma ganhou as eleições, imediatamente o PSDB (leia-se Aécio Neves) colocou em marcha uma campanha junto ao legislativo para derrubar a presidência.
    A Dilma, podem criticar de tudo, foi inflexível às “mordidas” de parlamentares que queriam cobrar para apoiar o seu governo.
    Ela não abriu a carteira como fez FHC e como está fazendo o Temer.
    E não teve a capacidade política que o Lula teve nos seus 8 anos de governo.
    É bom refletir a história.
    Deodoro, o primeiro presidente da república, renunciou por falta de apoio.
    Getulio Vargas suicidou-se porque estava totalmente sem apoio.
    Janio Quadros colocou a culpa nas “forças ocultas” (entenda-se maioria esmagadora da camara e do senado agindo contra seu governo).
    O mesmo ocorreu com João Goulart.
    O governo militar tratou logo de criar um partido forte e unido (ARENA) para manter o comando do país.
    Na eleição de 1974, sentiu o perigo da democracia pois em todos os estados o MDB elegeu senadores. Surgiu então a lei falcão e o decreto 477 que proibia a propaganda política nos meios de comunicação e a manifestação política de estudantes.
    O regime militar acabou porque a camara e o senado eram maioria contra o regime.
    Sarney surgiu do nada e foi presidente. No plano cruzado conseguiu eleger todos os governadores do país pelo seu partido PMDB. Quando o plano fracassou, perdeu todos os seus aliados, e terminou seu governo de forma catastrófica.
    Collor renunciou porque não tendo a maioria da camara e do senado (o mesmo ocorreu com Janio Quadros), foi declarado impedido.
    Portanto entendo que não adianta nada nós ficarmos reclamando, insultando, inflamando, que isto não levará a nada.
    O que precisamos é eleger políticos de verdade.
    Provadamente 2/3 dos políticos do país são herdeiros, isto é, são filhos de famílias de políticos.
    Com raras exceções, alguns destes “herdeiros” comportam-se como políticos isentos, mas a grande maioria é como já disse o Lula quando era deputado federal: na camara tem 400 picaretas.
    Vejam o caso do homem da mala o Rocha Loures. É descendente de uma família tradicional do Paraná. Possuem uma fortuna incalculável. Resolveu ser político. Nunca vi ele na rua em Curitiba, nunca vi um discurso dele, só vi ele ao lado de outros políticos. Se fosse um político real não se daria a baixesa de ser o moleque de recado do Temer para carregar suas malas de dinheiro.
    Nesta eleição vou comprar uma lanterna e dar uma de Diógenes, procurar entre a malta política homens sérios para neles votar.

  4. Dilma se apresenta diante de uma estante de livros. Que livros seriam esses? Ela já leu algum? Os que leu, entendeu? kkkk

Comente