Uncategorized

Governo estuda mudar
nome do Bolsa Família

O governo estuda mudar o nome do programa Bolsa Família, vitrine da área social da gestão Lula. As reuniões sobre o assunto são tocadas diretamente entre o presidente Temer e o Ministério do Desenvolvimento Social. A marca foi criada pelo marqueteiro Duda Mendonça ainda no primeiro mandato do petista. Uma das opções é rebatizar o programa de Bolsa Dignidade. Quem defende a mudança justifica que essa seria uma forma de desvincular o programa do petismo, o que pode ajudar a minar o poder eleitoral da sigla, sobretudo no Nordeste. As informações são da Coluna do Estadão.

Ideia. Entre as hipóteses avaliadas está também a de manter o nome Bolsa Família, agregando à marca outra palavra. O ministro Osmar Terra nega que a medida seja eleitoreira. “A ideia é mostrar que não é só transferência de renda. Queremos dar um sentido mais dinâmico”, diz ele.

Fartura. Independentemente da mudança no nome do programa, o governo quer conceder neste ano eleitoral um reajuste acima da inflação ao Bolsa Família. A última vez que Temer elevou o benefício foi quando assumiu, em 2016.

6 Comentários

  1. Parreiras Rodrigues Responder

    E que tenha duração limitada. Que exija filhos na escola, vacinações, e, sobretudo, muita fiscalização. Conheci gente bolsista enchendo o rabo de cerveja em buteco, pleno dia útil.

  2. Parreiras Rodrigues Responder

    Para meditar:

    Antes do Bolsa-Família, às margens das rodovias que demandam para os pesqueiros do Rio Paraná, haviam muitos fornecedores de iscas vivas. Depois, a grande maioria simplesmente sumiu. Perguntei prum deles porque parou: Eu vou lá acordar de madrugada prá vender iscas? Tô no bolsa-família agora, meu….

  3. TEM QUE MUDA PARA POUPANÇA QUE ESTA UMA VERGONHA, ELES ROUBAM NÓS TEMOS QUE PAGAR AGORA COM A POUPANÇA.

  4. PEDROCA DO SUDOESTE Responder

    Só agora observaram isso. Até nisso o Governo TEMER é incompetente, para apagar o petismo deveria ter mudado logo que assumiu o governo, agora é tarde.

Comente