Uncategorized

Procurador preso continua recebendo salário

Depois que os trambiques da turma de Joesley Batista vieram à tona, muita gente se complicou. Alguns mais, outros menos.
O procurador da República Ângelo Goulart Villela foi preso em maio do ano passado, por acender uma vela para deus e outra para o diabo. Tempo depois foi solto, mas segue afastado de suas funções. Em casa, enquanto vê a banda passar, continua recebendo seu salário de R$ 28.900,00 todos os meses.

1 Comentário

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    La dolce vita do alto barnabelato: na praia, na prisão ou em qualquer lugar, o din-din está sempre garantido, acrescido do auxílio-moradia, no caso, auxílio-cadeia.

Comente