Uncategorized

Os salários pagos pelos partidos

Está na prestação de contas dos partidos políticos quanto ganham presidentes e dirigentes de legendas. Os números partem de R$ 4,1 mil e chegam até 27,5 mil. Tudo é legal, o TSE permite que os partidos gastem até 50% de seus recursos, conseguidos através do Fundo Partidário ou de doações privadas.
Confira o ranking das legendas e seus mandatários, os salários são de 2017:

Ovasco R. Altamari Resende PRB – R$ 27,5 mil
José Luiz Penna PV – R$ 26 mil
Rui Falcão PT – R$ 26 mil
Alda Marco Antonio PSD – R$ 25 mil
Carlos Siqueira PSB – R$ 25 mil
Roberto Jefferson PTB – R$ 23 mil
Daniel Tourinho – R$ 12 mil (+ R$ 4 mil de aluguel)
Carlos Lupi PDT – R$ 12 mil (Ciro Gomes recebe salário de R$ 21,1 mil como vice-presidente do PDT)
Antonio Carlos B. Massarollo PMN – R$ 11,4 mil
José Renato Rabelo PCdoB – R$ 9,9 mil
José Maria Eymael DC – R$ 8 mil
Edmilson Silva Costa PCB – R$ 4,1 mil

Os dados são do Estadão, que explica que em geral, os partidos não remuneram dirigentes que ocupam concomitantemente outros cargos eletivos. Não há nas prestações de contas registros de pagamentos para os presidentes do PSDB, o pré-candidato ao Planalto e ex-governador Geraldo Alckmin; do PT, a senadora Gleisi Hoffmann (PR); do PCdoB, a deputada Luciana Santos (PE); do DEM, o prefeito de Salvador, ACM Neto; e do MDB, o senador Romero Jucá (RR).

2 Comentários

Comente