Uncategorized

Salário-esposa, sim, isso existe

Os advogados Marcelo Feller e Ricardo Amin Abrahão Nacle entraram com uma ação popular contra a Prefeitura de São Paulo, na sexta-feira, 30, por causa do pagamento do chamado “salário-esposa” aos servidores do Tribunal de Contas do Município (TCM-SP), segundo o site Consultor Jurídico, as informações são do BR18.
Os advogados alegam que o “salário-esposa” é uma forma de “discriminação remuneratória” e pedem a suspensão imediata do pagamento do benefício, concedido aos homens casados ou que vivem com mulheres que não trabalham. Eles alegam também que o “salário-esposa”, cujo aumento foi aprovado pela Câmara Municipal na semana passada, afeta o “princípio da razoabilidade, quando concedido no âmbito da função pública”.

7 Comentários

  1. E ainda pensam em melhorar nosso pais, sonham em acabar com a corrupção mas indiretamente está em todos os setores da sociedade.
    Quem visita os sites transparencias das entidades publicas ve a festa de penduricalhos que servidores recebem.

  2. Salário-esposa, auxílio-moradia, vale-paletó, bolsa-livro, vale-frutas. Esse povo não tem vergonha na fuça não ???

  3. Aos poucos o brasileiro vai cavando sua sepultura com tantos benefícios uma hora a fonte vai acabar e quem queria ter muita coisa vai acabar sem nada …só aqui onde moro mais de 7 empresas grandes fecharam as portas de onde vai sair tanto recurso ?do povo que já está miserável ou das empresas que estão sufocadas de tanto impostos…o governo não é cabide de empregos ele tem que se organizar para material a economia se não quem vai pagar as contas?

Comente