Uncategorized

Maradona se oferece para treinar Argentina de graça

Maradona parece que esqueceu do período em que treinou a seleção argentina durante a Copa de 2010 e tomou um 4 a 0 da Alemanha nas quartas de final. Está a dizer por aí que “trabalharia de graça, não pediria nada em troca” para voltar a ser técnico novamente.
Apesar do contrato de Jorge Sampaoli ir até 2022, tem gente levando a declaração de Dieguito a sério.

(Foto: Carl Recine/Reuters)

1 Comentário

  1. antonio carlos Responder

    E o pessoal da AFA deve aceitar a oferta de Don Diego, uma vez ele já dirigiu a sua seleção, o resultado foi igual ao do Sampaoli.

Comente