Uncategorized

Jornal russo: “A hora das putas”

Como se não bastasse os turistas a atormentar as russas durante a Copa, agora um dos maiores jornais do país, o Moskovskiy Komsomolets, também abriu artilharia contra as meninas. O colunista Platon Besedin escreveu artigo intitulado “A hora das putas: as russas se envergonham e envergonham o país na Copa”. O conteúdo mira no comportamento sexual das russas, mas tem mensagem xenófoba como principal tom, a criticar a conduta apenas quando ela está relacionada aos estrangeiros.
A frase “nós criamos uma geração de putas prontas para abrir as pernas ao escutar algum sinal de idioma estrangeiro” dá o recado da coluna que cita também os “homens fracos e irresponsáveis” do país.
No dia seguinte, outros colunistas do jornal publicaram artigos criticando o texto e outros jornais partiram para o ataque.

 

2 Comentários

  1. antonio carlos Responder

    As putas russas de hoje só estão imitando as cubanas, célebres “jineteras” de há muitos anos lá na ilha dos irmãos ditadores.

Comente