Uncategorized

Moro e Favreto são denunciados ao CNJ

Se fosse uma briga de bar, em algum momento alguém gritaria todo mundo em cana, e os encrenqueiros subiriam na viatura e iriam se explicar na frente do delegado.
O negócio rolou no andar de cima, entre papeis, o que modifica os trâmites.
Contra o desembargador Rogério Favreto consta que ele excedeu seus poderes de plantonista. Sergio Moro, por sua vez, que teve até pedido de prisão por desobediência, foi denunciado por falta disciplinar. Delegados da PF também entraram na dança e podem responder por manobra ilegal ao não cumprirem a determinação de Favreto.
Aqui, no andar de baixo, a niguenzada acompanha com aquele olhar desconfiado a acreditar que não haverá punição e que o imbróglio só deixou claro o cabo de guerra que é a Justiça brasileira.

6 Comentários

  1. Justiça paridarizada não é justiça.
    Caíram todas as máscaras.
    Todos os corruptos devem ser jogados e presos, inclusive e principalmente os de toga.
    Juiz que confraterniza com suspeitos é também suspeito!

  2. Eu estou com Sergio Moro, esse tal de Favreto é um daqueles aloprados do PT, que virou desembargador, isso é uma vergonha. ainda bem que temos um Juiz inteligente é sério, que cumpre as leis a risca e não tem rabo preso.

  3. Justiça partidarizada* não é justiça.
    Todos os corruptos devem ser julgados* e presos, inclusive e principalmente os de toga.

  4. Doutor Prolegômeno Reply

    O Brasil continua um cangaço de coronéis, só que vestem terno preto e tem mestrado e doutorado.

  5. E quem perde mais, o juiz, os delegados ou o desembargador pestista? Quem destes vai para na rua antes? Duvido muito que o juiz e os delegados sejam os grandes perdedores.

Comente