Uncategorized

Gasolina: vem aí mais um aumento

A Petrobras não vê motivos para mudar sua política de preços baseada atualmente no mercado externo e câmbio – a fórmula resulta em reajustes quase diários.
Nessa semana começa a valer o novo preço que passou de R$ 2,0249 para R$ 2,0369 nas refinarias, a alta acumulada desde o início do mês é de 4,5%.
O diesel permanece congelado.
A estatal gosta de jogar a bomba longe de seu terreno e mantém a população informada que de “seu preço responde por cerca de um terço do valor final nos postos”.

(Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)

1 Comentário

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    Os estados se fazem de loucos, mas, são os responsáveis por quase um terço do preço dos combustíveis, com o ICMS alucinado que cobram. No mais, pelo número de carros que andam nas ruas, a gasolina tá muito barata.

Comente