Uncategorized

Sergio Moro imparcial, diz PGR

Os advogados de Lula tentaram de novo, mas a Procuradoria-geral da República não concordou. O pedido da defesa do ex-presidente era para que a PGR considerasse Sergio Moro suspeito e afastasse-o do processo do sítio de Atibaia, a alegação: parcialidade do juiz.
O caso já percorreu a primeira instância, o TRF-4 e agora a Procuradoria-geral. Os três pareceres foram o mesmo: “Moro se manteve imparcial durante toda a marcha processual”. Com mais esta negativa, o processo vai para o STJ.
Para a PGR, a “insistência” e o “inconformismo” são infundados.
Durante o processo do triplex, os advogados de Lula apresentaram 78 recursos questionando condutas e ações.

(Foto: Lula Marques/Agência PT)

5 Comentários

  1. Caro FÁBIO, o juiz Sergio, dentro de seu campo de atuação tem demonstrado total conhecimento dos procedimentos do judiciário. Ele não precisa se alterar para dar seguimento aos processos. Ele está fazendo o colher da linha do papagaio. Chegará a hora de por as mãos na peça. É apenas uma questão de tempo. Alguns mais afoitos dizem ser horas. Atenciosamente.

Comente