Uncategorized

Vaquinha virtual proibida, e daí?

O financiamento coletivo pela internet para capitalizar pré-candidatos foi liberado pela Justiça Eleitoral. Mas há regras e há também a especificação de 50 sites que podem ser utilizados para isso. O Vakinha não está na lista, mas os apoiadores de marina Silva e Jair Bolsonaro não se importam e fazem por lá a arrecadação para impulsionar as postagens nas páginas oficiais de seus escolhidos.

Comente