Uncategorized

R$ 10 bi irregulares em programas sociais

O governo federal está passando um pente-fino no Bolsa-família, aposentadoria por invalidez e auxílio-doença. Desde 2016, quando começou a operação, identificou que mais de 5,7 milhões de pessoas recebiam algum tipo de benefício irregularmente. Foram cancelados R$ 10 bilhões de pagamentos indevidos.
O governo acha que até 2020, data para acabar o levantamento, encontrará outros R$ 20 bilhões empregados em benefícios irregulares.
A despesa com os três programas no ano passado foi de R$ 107,4 bilhões.

Comente