Uncategorized

Onde o Beto vai, Severino vai atrás

O presidente do PSB nativo, Severino Araújo, não aceita coligação sem a companhia de Beto Richa e do PSDB. Ele diz que essa é a posição oficial do PSB, confirmada junto à direção nacional do partido. Mas não é a primeira vez que Severino faz declarações “oficiais” que depois são desautorizadas pelo próprio partido, que tem cinco deputados estaduais e tres federais no Paraná.

Bom lembrar que o PSB nacional tem um acordo com o PP que inclui o apoio mútuo em Pernambuco e no Paraná. Para reeleger Paulo Câmara governador, o PSB de lá precisa do apoio do PP. E isso só acontece se o PSB daqui apoiar Cida Borgheti, do PP.

A dupla PSDB/PSB tem outra porta para negociar seu apoio. Resta ver o que dizem Ratinho Jr e Osmar Dias, que sempre rechaçaram essa hipótese.A convenção do PSB está marcada para dia 30 e no impasse deve delegar poderes à Executiva para que decida sobre o caminho do partido.

3 Comentários

  1. Esse que não tem nem mandato falando pelos deputados que fora dessa coligação não elegem nem metade. Barbaridade. Tá mais fácil chamar o Alckmin, enquadrar o Richa e por a turma no seu devido lugar.

Comente