Uncategorized

Senado quer mostrar serviço

Pelo Twitter, o Senado conta sobre a aprovação do projeto que proíbe companhias aéreas de cobrar pela marcação de assentos em voos.
O recado tem dois objetivos: afirmar à população que a Casa está trabalhando em votações e se esquivar de uma possível lerdeza do texto na Câmara – para a regra valer, depende da votação dos deputados.
O que ninguém fala, é sobre a cobrança de bagagem, que foi aprovada com a promessa de diminuir o valor das tarifas e como resultado trouxe apenas mais uma despesa para o consumidor.

Comente