Uncategorized

Ex-detento da Lava-Jato pede autógrafo a Japonês da Federal

Curiosos, fãs, familiares, amigos. Foi gente de tudo quanto é tipo no lançamento do “O Carcereiro”, livro escrito por Luis Humberto Carrijo que trata dos figurões presos pela Lava Jato e seus dramas.
Na fila para pegar um autógrafo de Newton Ishii, o Japonês da Federal, estava Flávio Henrique Macedo. Ele foi preso pela Lava Jato acusado de repassar propinas para José Dirceu através de uma de suas empresas. Macedo conheceu Ishii na prisão em 2016.

(Foto: YouTube/Reprodução)

3 Comentários

  1. O Japonês da Federal ficou conhecido, em parte, graças a sua peculiaridade física, ser descendente de japonês e ter características faciais e físicas como todo descendente de japonês, um povo honrado, bem como por estar sempre presente conduzindo os acusados e condenados da lava-jato.
    Suas características físicas se destacam dentre os outros agented da polícia Federal.

    Eu gostaria que ele ficasse conhecido também pela qualidade de seus serviços e competência. Isso se encaminha a passos largos, agora com o lançamento de seu livro.

    É um homem para quem tiro o meu chapéu!

    Vou comprar o livro e ler, assim que puder.
    Se tiver em formato digital, fica ainda mais fácil.

  2. eleitor atento Responder

    Por que tanta mídia …

    O tal cidadão, apesar de agende da PF, foi condenado a 4 anos, 2 meses e 21 dia por facilitação de contrabando (operação Sucuri) !

Comente