Uncategorized

Moro condena André Vargas a seis anos por lavagem

André Vargas, que está preso por outras falcatruas, contabiliza mais seis anos de prisão em sua conta com a Justiça. Sergio Moro bateu o martelo: “André Vargas interviu junto à Caixa Econômica Federal utilizando sua influência política, na época era deputado federal, para que a empresa IT7, de Marcelo Simões, fosse contratada em uma licitação fraudada para fornecimento de software para o banco”. Moro ainda coloca na sentença a responsabilidade de Vargas no tempo do acontecimento: “A culpabilidade (de André Vargas) é elevada […] o condenado recebeu propina não só no exercício do mandato de Deputado Federal, mas tambem da função de Vice-Presidente da Câmara dos Deputados, esta entre os anos de 2011 a 2014, período que abarca os fatos objeto desta ação penal. A responsabilidade de um Vice-Presidente da Câmara é enorme e, por conseguinte, também a sua culpabilidade quando pratica crimes”.
Na mesma ação, o juiz condenou o irmão do ex-parlamentar, Leon Vargas, a contadora do doleiro Alberto Youssef, Meire Poza, e o empresário Marcelo Simões.

(Foto: YouTube/Reprodução)

5 Comentários

  1. Esse é o deputado que zombou do ministro do STF , Joaquim Barbosa, na câmara federal serrando o punho, quem ri por último, ri melhor, ver um petista mofando na cadeia, não tem preço. Kkkkk

  2. Pelo jeito o “bocão” vai mofar na cadeia por longos anos. O ruim é que na cadeia ele come às custas do dinheiro do contribuinte. Deveria trabalhar de verdade (o que nunca fez) para pagar pelas quentinhas que consome diariamente.

Comente