Uncategorized

Professor Galdino é agredido por punks e está em coma

O ex-vereador Professor Galdino (PSL) foi agredido na Rua das Flores, quando atravessava a Marechal Floriano, por três punks e foi conduzido inconsciente para a emergência de um hospital de Curitiba, informa o Tupan.
Candidato a deputado estadual, Galdino empurrava uma bicicleta quando foi agredido, pelas costas, sem ter condições de se defender.
Ao cair no chão, o ex-parlamentar teve convulsões e foi socorrido por populares até a chegada da ambulância.
Os agressores fugiram do local gritando “abaixo Jair Bolsonaro e seus apoiadores.”
A Polícia Militar está procurando os agressores que devem responder por tentativa de homicídio.

11 Comentários

  1. Isso tem cara de armação desse Galdino, quem tava lá viu que foi algo meio teatral igual essa imagem… Será que ele acha q isso vai limpar a fama?

  2. Será que eram punks mesmo? Pelos gritos parecem de outra facção…Por que será que Bolsonaro assusta esses esquerdistas ! Mito 2018 no 1º Turno.

  3. PIMENTA PURA Reply

    Curitiba está se transformando em Rio II. Se já não podemos
    andar tranquilos durante o dia, imaginem à noite…

  4. Pra falar a verdade não gosto de como este tal Professor Galdino se comporta…. mas isso não dá direito a mim e a ninguém de agredi-lo.

  5. WENCESLAU BORECKI Reply

    Não sou eleitor do Professor Galdino, no entanto, seu método de campanha deve ser enaltecido, visto que sua mensagem é direta ao eleitor, sem desperdício de dinheiro público, se todas as campanhas fossem Franciscanas não teríamos motivos para tanta corrupção, sei que seu método incomoda um pouco, mas é admirável esse jeito de chegar até o eleitor; acredito que seus agressores devam ser considerados bandidos e responsabilizados pelos fatos perante a lei.

Comente