Uncategorized

Dirceu avisa: ‘PT tem programa radical’

BR18,
Em sua primeira coletiva de imprensa desde 2007, José Dirceu “deu o tom” que vai reger um governo controlado pelo PT (ao menos um sob sua influência). Segundo o ex-ministro, vai valer até “cercar o Congresso” com militantes para “implementar um programa radical”.
“Temos um programa radical e a maioria no Parlamento precisa ser combinada com uma grande pressão popular”, disse Dirceu. “Nós vamos fazer política como foi feita pelos nossos adversários e opositores. É assim que vamos fazer, pelo menos se perguntarem minha opinião e eu tiver influência nas decisões”, declarou.

(Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters)

4 Comentários

  1. Realmente não entendo esta postagem. Todas as pessoas bem informadas sabem que o ex-ministro não tem nada de radical, inclusive por isso sempre sofreu oposição interna em seu partido e já foi até condenado pela justiça, sempre teve uma postura de negociador político e conciliador de interesses divergentes, mantendo sempre boas relações com setores empresariais de peso de dentro e de fora do Brasil. A postagem é bem desinformada.

  2. Luiz Carlos Flávio Responder

    Esse, depois do sapo barbudo, é o maior filho da mãe. Não merece una linha em qualquer jornal decente. Tem que voltar para a cadeia e morrer lá mesmo.

  3. LUIZ DO LITORAL Responder

    O MAIOR BANDIDO DO BRASIL, O SOVIÉTICO JO´SE DIRCEU

    VALE A PENA LEMBRAR:

    Com o título “O profissional”, o promotor de justiça Walter Filho analisa a figura de Zé Dirceu, em artigo também veiculado no O POVO desta segunda-feira, Para ele, Dirceu é o “mais perigoso membro da engenharia criminosa desmantelada pela Operação Lava Jato.” Confira:

    Na decisão condenatória envolvendo criminosos do colarinho branco, o magistrado Sérgio Moro afirmou que o ex-ministro José Dirceu é um profissional de crimes. Trecho da sentença: “915. Considerando a gravidade em concreto dos crimes em questão e que o condenado José Dirceu de Oliveira e Silva estava envolvido na prática habitual, sistemática e profissional de crimes contra a Petrobras, fica mantida, nos termos da decisão de 27/07/2015, evento 10, do processo 503185924.2015.4.04.7000, a prisão preventiva decretada contra ele. ”

    O ex-ministro provavelmente morrerá na cadeia, recebeu pena de 23 anos e três meses de prisão. A idade avançada e a saúde debilitada já não permitem nenhuma esperança de volta ao cenário político – a liberdade está distante. Seu silêncio chega a ser assustador; sabe de tudo, mas não cogita, por enquanto, usar o instrumento da delação premiada para abrandar seu sofrimento. É o mais perigoso membro da engenharia criminosa desmantelada pela Operação Lava Jato.

    A expiação do cárcere e o abandono desfiguraram o falso guerrilheiro. Sempre usa bravatas para dizer que lutou por democracia no Brasil. Na verdade, o objetivo era a implantação de uma ditadura comunista nos moldes da tirania cubana do sanguinário Fidel Castro. O mais perturbador é que ele quase conseguiu. Sua habilidade política e liderança são inegáveis, tanto que mandou no País quando era chefe da Casa Civil.

    Tudo começou a ruir quando o ex-deputado Roberto Jefferson teve a coragem de enfrentá-lo, mesmo sabendo que seu pescoço também iria para a forca, o que de fato aconteceu. O gesto de Jefferson impediu o projeto de poder do sucessor natural do então presidente Lula, que o descartou durante a cassação na Câmara Federal.

    Nos livramos, pelas mãos da Justiça, de um homem que nasceu vocacionado para o crime. Mesmo condenado no escândalo do Mensalão, Dirceu continuou a delinquir, o que levou o juiz Moro a manter sua prisão preventiva – a falta de virtudes em um celerado é algo comum.

Comente