Uncategorized

Para o TSE, Lula está inelegível

Depois de horas de juridiquês, os ministros do TSE formaram maioria de 6 x 1 e julgaram Lula como inelegível, enquadrando-o na Lei da Ficha Limpa.
Na conclusão da decisão, o petista também fica impedido de fazer campanha, embora já tenha aparecido no primeiro programa de propaganda eleitoral do partido.
A próxima parada dos advogados de Lula será no STF, que em tese, segundo o que noticia o Estadão, o recurso seria distribuído entre sete dos onze ministros, ficando de fora do sorteio de definição da relatoria a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, que por questões regimentais não recebe esse tipo de processo. Também ficariam excluídos da relatoria do recurso extraordinário os três ministros do STF que integram o TSE e devem participar do julgamento do registro de Lula: Luís Roberto Barroso, Edson Fachin e Rosa Weber.
O PT publicou nota a dizer que “continuará lutando por todos os meios para garantir sua candidatura” e que irá “apresentar todos os recursos aos tribunais”.
O placar final do TSE:
Luis Roberto Barroso, Jorge Mussi, Og Fernandes, Admar Gonzaga, Tarcisio Vieira e Rosa Weber: contra a candidatura de Lula
Edson Fachin: a favor da candidatura de Lula.

4 Comentários

  1. Fiquei estarrecido com o voto do Ministro Fachin. Além de apequenar sua figura, apequena o Parana. A ONU extrapolou sua competencia , uma vez que nao pode interferir na Constituiçao de um Pais e demonstra claramente que os EUA estao certos em questionar esta organizaçao, ineficiente, incapaz e hipocrita. Que ao mesmo tempo que apoia um genocidio com ataques monstruosos contra paises que tem petroleo, se intromete para defender um par de esquerda, vez que este representante da ONU que se pronunciou, é revestido deste viés a anos, como forma de contentar uma minoria disforme.

  2. O demônio mostrou a sua face nesta votação. Não se enganem. O cara é UM capiroto mesmo…!!!

Comente