Uncategorized

Em pesquisa pós-atentado, Bolsonaro chega a 30%

Na primeira pesquisa feita depois da facada em Jair Bolsonaro, os números apontam que o candidato subiu quatro pontos nas intenções de voto. Passou de 26 para 30%. Na espontânea também houve crescimento, de 21 para 26%.
Ciro Gomes aparece em segundo lugar com 12%, igual o levantamento anterior.
Marina Silva, Fernando Haddad e Geraldo Alckmin estão empatados com 8%. Na pesquisa anterior, Marina tinha 11%, Alckmin estava com os mesmos 8% e Haddad, 6%.
João Amoêdo, Álvaro Dias e Henrique Meirelles estão com 3%. O único que subiu o percentual foi Meirelles. No levantamento anterior, ele teve 2%. Amoêdo caiu, ele tinha com 4%.

A pesquisa foi feita pela FSB entre os dias 8 e 9 de setembro, com 2000 eleitores, e está registrada no TSE com o número 01522/2018. A margem de erro é de 2%, com intervalo de confiança de 95%.

(Foto: Twitter/Reprodução)

3 Comentários

  1. Parreiras Rodrigues Responder

    Amigo meu fez pesquisa que resultou a mãe dele com o maior número de citações. Se elege no primeiro turno. Ligou aleatoriamente das 2 às 4 horas perguntando “em quem você votaria para presidente”. NA TUA MÃE, SEU FDP, a resposta de cem por cento dos pesquisados. (da Tribuna de hoje). Não resisti, perdoem-me….

  2. Gaudério do Piquiriguaçu Responder

    A Revolução Bolsonariana já estava com um pé no segundo turno antes do atentado. Agora, está com os dois.

  3. Exatamente…Bolsonaro já estava no 2º turno a vários dias. Agora a questão é se ele ganha no 1º …deve faltar muito pouco!!!

Comente