Uncategorized

Fica longe de mim!

A sonolenta ‘briga‘ entre Michel Temer e Geraldo Alckmin tem novo capítulo.
O presidente tem dito em seus discursos que pode ocupar o finalzinho de seus dias como dono do Palácio do Planalto para ajudar o sucessor na aprovação daquelas reformas constitucionais desgastantes e que não pegam bem.
Alckmin, concentrado em se mostrar opositor de Temer, resolveu rebater até essa fala. Diz que uma vez eleito não pedirá ajuda ao atual presidente.

(Foto: Google/Reprodução)

1 Comentário

  1. O Alckmin além de candidato é o presidente nacional do PSDB. Este partido tem em seus quadros o atual ministro de relações exteriores Aloysio Nunes (ex-motorista do gerrilheiro Marighella), isto é, ocupa posto no governo Temer. Aí vai dizer que é oposição… Hipocrisia, mentira, enganação, comunistas disfarçados (nem tanto).

Comente