Uncategorized

Vídeo mostra empreiteiro ligado a Richa com maços de dinheiro

Guilherme Voitch, Veja,

As investigações da Operação Rádio Patrulha, deflagrada nesta terça-feira pelo Ministério Público Estadual, revelam que empreiteiras que tinham contrato com o Estado do Paraná para a manutenção de estradas rurais no Programa Patrulha do Campo pagavam 8% de propina na arrecadação bruta obtida. De acordo com a investigação, o dinheiro, repassado a intermediários, seria utilizado para financiar a campanha de reeleição do governador Beto Richa (PSDB), em 2014.
Em um vídeo anexado ao processo, o empresário Celso Frare, dono da Ouro Verde Transportes e Locações, uma das empresas envolvidas no esquema, aparece tirando maços de dinheiro de um envelope. Segundo a investigação, os valores seriam destinados a pagamento de propina a intermediários do governador.
Frare foi preso nesta terça, assim como Beto Richa, sua mulher, Fernanda Richa, e seu irmão, José Richa Filho.

4 Comentários

  1. Andrea das Neves Responder

    Figurão da socidade agora vai comer marmitex no xadrez!
    Roubaram dinheiro do povo, que fez falta para saúde, educação . . .

  2. Gosto de ver estes que se acham espero, inteligente e malandrão, cair numa cama de gato do Toni X9 . kkk

  3. Irão aparecer muito mais provas….aguardem….para os deslumbrados(as) de plantão que ainda acreditam na inocencia do playboy Piá de prédio

Comente