Uncategorized

GILMAR MENDES MANDA
SOLTAR BETO RICHA

Para a surpresa de ninguém, Gilmar Mendes mandou soltar Beto Richa, informa o Antagonista.

Além do habeas corpus, o ministro do STF deu salvo-conduto ao tucano em relação a qualquer determinação de prisão preventiva.

Com isso, fica suspensa a prisão preventiva decretada pelo juiz Fernando Fischer horas atrás.

O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), concedeu habeas corpus para soltar o ex-governador Beto Richa.

Ele deu também salvo conduto ao tucano em relação a qualquer determinação de prisão preventiva, o que suspende a recente ordem de prisão do juiz Fernando Fischer, divulgada nesta sexta (14).

Segundo o Ministério Público, ele é suspeito de liderar uma organização criminosa que ordenava o recebimento de propinas de fornecedores do governo do Paraná.

A prisão gerou reações. A corregedoria do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) abriu reclamação disciplinar para verificar se a iniciativa foi uma tentativa de influenciar no calendário político.

Serão investigados também promotores que apresentaram ações contra os presidenciáveis Fernando Haddad, do PT, e Geraldo Alckmin, do PSDB.

O próprio ministro disse ver “notório abuso de poder” e a necessidade de que fossem colocados “freios” na atuação dos investigadores.

“Pelo que estava olhando no caso do Richa, é um episódio de 2011. Vejam vocês que fundamentaram a prisão preventiva a uns dias da eleição, alguma coisa que suscita muita dúvida. Essas ações já estão sendo investigadas por quatro, cinco anos, ou mais. No caso de Alckmin, Hadad, todos candidatos. E aí [o MP] anuncia uma ação agora! É notório um abuso de poder”, declarou o ministro quando questionado sobre o caso do tucano.

Também foram presos temporariamente, no mesmo dia, a mulher do ex-governador, Fernanda Richa; o irmão de Richa e ex-secretário de Infraestrutura, Pepe Richa; o ex-chefe de gabinete, Deonilson Roldo; e o ex-secretário Ezequias Moreira. Todos negaram as suspeitas e acusaram a operação de oportunismo. Ao todo, 15 pessoas são alvo de mandados de prisão temporária, ordenados pela Justiça Estadual do Paraná.

As prisões atingiram figuras-chave no entorno do tucano, que estava em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto para o Senado no Paraná, com 28%, de acordo com o último levantamento do Ibope. O candidato do MDB Roberto Requião aparece em primeiro, com 43%.

23 Comentários

  1. Denis Oliveira Reply

    Viva Gilmar Mendes ! O libertador dos pobres, injustificados e oprimidos !
    Jesus Cristo passa vergonha perto dele !
    O maior libertador da história, nunca uma pessoa lutou tanto pela justiça !
    O melhor ministro do Brasil ! O rei da Justiça !

  2. Por isso a única salvação de republiqueta é o Bolsonaro ser eleito em primeiro turno pra tentar dar um fim. Essa justiça mequetrefe, que só defende esse bandidos de colarinho branco. Esse STF está corrompido, se encaminhando pra ser uma brazuela.

  3. No BRASIL esta instalado o caos.

    Esperar o q dess juiz.

    BOLSONARO 2018.

    AINDA VAI TER IDIOTAS A VOTAR BO BETO LIXO E CIA.

  4. Doutor Roxinho Reply

    O choro e o Beto são livres! O Lulladrao não!
    Chuuuuuuupa petealhada!!!!

  5. Depois me digam se não vale ser corrupto e bandido nesse Brasil…
    E nós povinho óh….sifu

  6. Até que demorou para o beiçola agir. Havia um tempo que os processos eram sorteados. Agora na côrte, cada qual tem seus bandidos corruptos de predileção. Uns logo pegam pra soltar os do psdb e pmdb, outros correm pra beneficiar os do pt. Êta Bruzudanga.

  7. O povo do bem …

    Que fica envergonhado….
    Que vergonha desses politicos e do judiciario
    Bolsonaro 2018.

  8. É o famoso laxante, que solta tudo. Lá na frente se forem julgados e condenados, não podemos esquecer que foi o Ministro que soltou os indiciados

  9. Gaudério do Piquiriguaçu Reply

    Comentário do gaiteiro do CTG da Sanga Funda:
    – Nao tem mais jeito! Vem logo, Bolsonaro! Vem logo e traz o chicote!

  10. Logo agora que o pessoal ia levar aquele cobertorzinho corta-febre para a Fernanda.

  11. CERTÍSSIMO GILMAR MENDES. O TONY CARCINHA ÑÃO TEM AUTORIDADE PRA MANDAR PRENDER O BETO..

  12. De fato todo agente público pode ter o nm usado.. Isso ocorre todos os dias e em todas as instâncias. Sejamos parcimoniosos em nosso investidas.. Acho que o Ministro Gilmar Mendes está com razão..

  13. Envergonhado Reply

    Creio q a moral do Judiciário e do MP está caindo em descrédito em razão de fatos como esses. Com todo respeito..

  14. Esperar o que. Aqui neste agreste há muito tempo (tenho 65 anos) se elege pai, filho, filha, neto, tio, sobrinho, irmão, cunhado, ex, atual, amante, até o Ricardão. Só neste escândalo, tem várias candidaturas envolvidas pelas razões acima, portanto, o interesse de todos em abafar. Agora, jogar todos os tomates no “soltador maior da república” é de certa forma injusto. Foi o beiçola, se a coisa fosse com a turma da “narizinho” seria o levandouisque. É assim que a banda toca. É melhor deixar a revolta para o dia 7. Se a gente fizer o que sempre fez, é claro que o resultado será o que já temos. Acho que não há muita coisa a fazer em relação ao governo estadual; mas nas outras vagas em disputa tem sim. Lembrem que o Sarney ainda brincava de calça curta e aqui já tinha algumas familias no poder que ainda estão.

  15. Rafael de Lala Sobrinho Edif. Reply

    Caro editor: li, e estudei, como bacharel em Direito, o denso voto do ministro Gilmar Mendes.
    Por sua relevância, acabo de arquivá-lo na pasta de Democracia em meu computador, para poder compulsá-lo à luz de fatos da Historia de nosso país.
    Nós, jornalistas com alguma vivência, devemos estar sempre vigilantes: faça-se justiça, porém evite-se o arbítrio.
    Rafael de Lala, jornalista, do Centro de Estudos Brasileiros, do Instituto Histórico e Geográfico do Paraná, do Instituto Democracia e Liberdade, da Associação Paranaense de Imprensa.

  16. Transcrição do Procurador Carlos Fernando Santos Lima (ainda no cargo de procurador) – abaixo alguns breves questinamentos

    “Gilmar Mendes desdenha a Justiça brasileira. Toma para si a competência de um habeas corpus que deveria ter sido livremente distribuído, o que faz em desafio à competência dos demais ministros. Simplesmente, doravante, caríssimos advogados de defesa, em qualquer processo que haja uma prisão temporária de um candidato, farão saltar pela justiça brasileira HCs cangurus até o ministro Gilmar Mendes, que dará não somente uma ordem de liberdade, mas um salvo conduto-mesmo sem saber os motivos- que impedirá o candidato de ser preso mesmo que preventivamente. É a consagração de que não há lei que valha para a política. Não é possível mais que nos escondamos em um relativismo moral que finge não perceber o que está acontecendo. É preciso dizer que decisões monocráticas como essa, bem como a de Toffoli na reclamação de Mantega, afrontam a Constituição brasileira, pois não há mecanismos de freio possível ao abuso de poder.”

    Breves comentários: A Lei serve para punir criminosos com o devido processo legal, o que claramente não vem sendo respeitados. A Lei (Constituição) serve para impor limites e proteger o cidadão comum dos arbítrios dos 3 poderes, além de separar as funções (Legislativo, Judiciário e Executivo). Oras, claramente nossos magistrados, procuradores e delegados se consideram acima da Constituição.
    Pois bem, não analisando o mérito das ações contra os políticos, se Narigudo ou estrelinha caída, a verdade é que os acusadores e julgadores estão exorbitando de sua esfera (e não é de hoje) – se analisarmos várias denúncias, a maioria está ceifada de ilegalidades. Eles não podem agir assim. Estão manipulando e enganando a população, se aproveitando da ignorância e da boa-fé do brasileiro comum, batalhador e honesto.
    Uma breve história antiga sobre Carlos Fernando Lima – conhecida na Boca Maldita em Curitiba – Carlos Fernando tinha dois bons amigos, um virou juiz e outro no momento é juiz do TRF. (Sergio e Gebran), Carlos tinha uma esposa – virou ex e faleceu em acidente – a qual trabalhava no Banestado em Foz do Iguaçu – Resumo, esposa não gostou da privatização do Banco, acharam Alberto, e fizeram uma denúncia cheia de ilegalidades – CASO BANESTADO; Pois bem pegaram pessoal do banco, e o dinheiro NUNCA voltou porque Carlos Fernando não deixou – mostraria que os banqueiros eram inocentes e que o crime (se houve) foi evasão de divisas de correntistas usando seu próprio dinheiro – Iniciou a carreira de um procurador e de um juiz pop star;
    Tempos recentes: Um Alberto entrou no caminho de novo, caso de afundar a carreira de qualquer ser humano normal – porém em um golpe de sorte e muita manipulação – Veio a Lava Jato – Juiz e procurador estrela, com esqueletos no armario, ressurgiram – se uniram a um procurador que com a ajuda do pai não cumpriu a Lei do estágio probatório (não poderia ser procurador: nome Deltan) e uma equipe formada inclusive por um jovem que subiu rápido no cargo e deixou o escritório na mão de um irmão, para advogar para delatores – negócio de família;
    E aí, todos que falam dos criminosos da política – seja aqui, ou em outros Estados, tem telhado de vidro, recebem vales moradias, reclamam quando os políticos querem fazer leis para coibir seus poderes arbitrários sem dar o menor fundamento…
    Independente do lado que nós, os comuns, defendemos…este poder arbitrário não pode acontecer…Que punam os que cometerem crimes, seguindo as regras do jogo. Coisa que nenhum deles tem feito.

Comente