Uncategorized

Cida pede à Justiça a imediata suspensão da cobrança de pedágios

A governadora Cida Borghetti determinou que a Procuradoria-geral do Estado ingresse na Justiça com ação pedindo a suspensão da cobrança de pedágio em todo o Anel de Integração. A medida se baseia nos fatos apurados pela Operação Integração, realizada pela Lava Jato, que indica manipulação dos contratos e dos preços das tarifas para atender interesses das concessionárias.
“São denúncias muito graves que precisam ser investigadas a fundo. Enquanto isso ocorre é justo que haja a suspensão da cobrança do pedágio. Os paranaenses pagam uma tarifa muito alta e há indícios fortes de manipulação dos preços. Por isso, estamos adotando esta medida e espero que a Justiça acate”, declarou Cida Borghetti.
Segundo a governadora, a partir do pronunciamento da Justiça, não está descartada a possibilidade do Governo do Paraná pedir também o encerramento dos atuais contratos. “Vamos aguardar a manifestação da Justiça sobre o pedido de suspensão. A partir disso, avaliar outros encaminhamentos para o caso dos pedágios. Mas a possibilidade de pedir o imediato fim dos contratos também é uma medida que vamos estudar”, disse.

NOTIFICAÇÃO
A governadora lembrou que em junho notificou formalmente as concessionárias do fim dos atuais contratos em 2021. “Não concordo com este modelo e reforçamos que não haverá possibilidade de renovação dos contratos. A partir disso, as empresas têm três anos para entregar tudo que ainda está faltando. Em paralelo, vamos construir junto com a sociedade um novo modelo”, afirmou Cida Borghetti.
A PGE deve protocolar a ação nos próximos dias na Justiça Federal. O argumento é de que a suposta manipulação dos contratos, envolvendo servidores públicos e empresários, prejudica os usuários. Na ação, a procuradoria vai pedir para que os serviços de socorro médico e mecânico, realizados pelas concessionárias, sejam mantidos.

16 Comentários

  1. Mais uma vez a Cida joga para a galera, sabe que não vai dar em nada, mas joga.
    Cida não vai nem com Arruda atrás da orelha kkkkkkkkkkk

  2. O povo paranaense não é burro!!! Tudo farinha do mesmo saco essa Cida!!! Fica tentando se descolar do Beto Tico-Tico, mas do tempo da TV que o PSDB lhe deu não abre mão né!!!!! Se não quer mais ele, o mínimo que deveria fazer é abrir mão do tempo de TV!!!!

  3. Manobra eleitoreira / populista sem eficácia alguma de fato, tipo : “Ou abaixa ou acaba”!!

  4. Não sei por que, mas com todo o respeito que a governadora merece, quando ela fala me remete aos discursos da presidenta Dilma. Fala, fala, fala, mas não diz nada com nada. Enquanto isso o tempo passa e o Ratinho vai comendo o queijo chamado Palácio Iguaçu pelas bordas.

  5. No tempo da Maria Louca não abaixou nem acabou, agora vem a Cida e diz vai acabar (Suspender) a Cobrança mas ela não diz que o próximo Governador vai ter que REPOR os custos que será exigidos pela Justiça lá na frente. Requião Congelava os Aumentos e depois eles vinha maiores ainda! Só Enganação!!!

  6. Impossível se fazer isso, os contratos foram feitos de uma forma que ninguém consegue cancelar! No governo Requião, ele até tentou, mas a multa rescisória chegaria a 4 bilhões e isso comprometeria o orçamento do estado. Por tanto, continua a roubalheira!

  7. NOBRE GOVERNADORA.COM O DEVIDO RESPEITO, DATA VENIA: TÁ ACHANDO QUE AGORA COM ESSAS MEDIDAS ACONTECE ALGUMA COISA E MELHORA SUA VOTAÇÃO. VAI ABRIR UM PRECEDENTE JURÍDICO, QUE MAIS UMA VEZ SOBRARÁ PARA O POVO. DUVIDO QUE OS CONTRATOS DOS PEDÁGIOS ESTEJAM FORA DO CONTEXTO JURÍDICO E DIREITO. COMO SÓ AGORA PERCEBEU ISSO. ONDE ESTAVA, COMO VICE GOVERNADORA, OU PORQUE NÃO SE MANIFESTOU ANTES. O RATINHO JUNIOR AGRADECE.

  8. Parabéns Governadora! Obviamente as concessionárias superfaturaram ilicitamente valores de pedágio e as prisões evidenciam isto. A sua medida demonstra imparcialidade e total independência de seu governo com a corrupção promovida por estas empresas e antigos gestores públicos acusados. Quem descumpriu o contrato foram essas empresas e não parece justo que continuem a usufruir de arrecadação ilícita até o final do contrato.
    Agora cabe à população que a Justiça atue de modo enérgico e adequado, senão suspendendo a cobrança, atribuindo um valor que o MP ou TC tecnicamente avaliem como adequado, ainda que essa decisão judicial seja inédita ou abra precedente (o que é ótimo para população).

  9. Adelino Zanella Responder

    Como sempre quem ai pensa que a Cidinha não sabia de nada sobre os pedágios são todos farinha do mesmo saco agora quer fingir que não sabia são mais de 20 anos roubando e ela não sabia de nada

  10. NÃO SOMOS IDIOTAS, FALTANDO 10 DIAS PARA AS ELEIÇÕES QUER GOZAR NA CARA DO POVO.

  11. Nos tempos em que Requião Governava o MST invadia pedágios e o paraná viva um caos. Com Beto tivemos segurança nas estradas o pedagio baixou e o povo estava contente. Fizeram uma enorme injustiça com nosso governador.

  12. DEMAGOGA EM ÉPOCA DE ELEIÇÃO.
    Seja mais original. Essa o MAMONA já nos contou.
    Manda suspender o pedágio, as empresas entram na justiça por quebra de contrato…
    LEILÃO LEILÃO LEILÃO LEILÃO

  13. Parreiras Rodrigues Responder

    Não morro de amores pelo ex-governador Beto Richa, nem tanto por causa dele, mas justamente por causa de certas companhias (Razão para Euclides Scalco, que o avisou). Tanto que não voto nele para o Senado. Mas todos fazem as suas promessas de campanha, de transformar o Paraná num paraíso encravado no Brasil, certamente estribados na situação financeira resultante justamente do ajuste fiscal executado pelo agora demonizado BR.

Comente