Uncategorized

Datafolha: os números das simulações de segundo turno

Na pesquisa divulgada hoje, o Datafolha também sondou possíveis cenários de segundo turno. Eis os números.

Ciro 42% x 36% Alckmin (branco/nulo: 19%; não sabe: 3%)
Alckmin 45% x 38% Bolsonaro (branco/nulo: 16%; não sabe: 2%)
Ciro 48% x 38% Bolsonaro (branco/nulo: 12%; não sabe: 2%)
Haddad 39% x 39% Alckmin (branco/nulo: 19%; não sabe: 3%)
Haddad 45% x 39% Bolsonaro (branco/nulo: 13%; não sabe: 2%)
Ciro 41% x 35% Haddad (branco/nulo: 19%; não sabe: 3%)

Sobre a pesquisa
Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos. Entrevistados: 9 mil eleitores em 343 municípios. Quando a pesquisa foi feita: 26, 27 e 28 de setembro. Registro no TSE: BR-08687/2018. Nível de confiança: 95%. Contratantes da pesquisa: TV Globo e “Folha de S.Paulo”.

6 Comentários

  1. Parabéns aos tucanalhas tapados. Atacando covardemente Bolsonaro como estão, vão eleger o poste do Lula.

  2. Onde há má fé, em ambiente sujo e corrupto não se pode construir a felicidade.
    Primeiro dar educação verdadeira -sem bolsas de cabresto, trabalho sem assistencialismo,
    saúde básica e permanente sem indução doutrinária.
    Segurança não só física, sem aparelhamento ideológico mas democrática e
    outras necessidades essenciais ao povo.
    Ter tribunais sem casuísmos malandros e oportunistas de alguns lá colocados para defender padrinhos réus,
    ter um legislativo que se justifique pelo povo, para depois pensar nos modelos mais decentes de governo.
    Me engana que eu gosto…….jamais. Primeiro limpar, com os recursos à mão, para depois fazer a comida.
    Ou então, não fazer nada. O Brasil está na uti de um hospital público e não em hotel de luxo !
    E, estou falando em critério de voto. Não em golpe.
    Fora corruptos ! São eles os piores ditadores, da marca do Fidel e do Maduro.
    Vermes carrascos torturadores do povo, de idosos e de crianças inocentes famintos, doentes e sem perspectiva.

  3. Interessante esses astrologos e cartomantes. Esta ciencia utilizada, deve ser uma equaçao de sacolas + malas…

  4. eleitor desmemoriado Responder

    A pesquisa do instituto da Foice leva em consideração um cenário irreal porque todo mundo sabe que, o canga Ciro, o picolé de chuchu e a ex-pestista não passam de fase. Então a coisa fica entre o capitão e o o poste do 51, aí zera tudo e duvido que o poste do 51 nos obrigue a fazer as malas de mudar de ares. A mídia está igual ao Téo José, quer porque quer o que está aí, este continuísmo que está nos levando para o buraco. Chega do mais do mesmo, pelo menos para mim

Comente