Uncategorized

Edir Macedo declara
apoio a Bolsonaro

Jornal do Brasil

O bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), declarou voto no sábado, 29, em Jair Bolsonaro, deputado federal e candidato a presidente da República pelo PSL. O jornal O Estado de S. Paulo apurou que o PRB, partido ligado à Universal, já manifestou internamente predileção por Bolsonaro num segundo turno entre ele e o candidato do PT, ex-ministro e ex-prefeito Fernando Haddad, cenário mais provável segundo pesquisas de intenção de voto. O partido coligou-se ao tucano Geraldo Alckmin no primeiro turno, mas prepara-se para entrar na campanha de Bolsonaro. A informação foi publicada no sábado, pelo jornal O Globo.

O religioso da maior igreja neopentecostal do País e a mais influente eleitoralmente usou seu perfil oficial certificado no Facebook para responder ao questionamento de um fiel da IURD, que desejava saber quem ele apoiaria na eleição para presidente da República.

O corretor de imóveis Antonio Mattos, simpatizante de Bolsonaro, comentou em um vídeo de Macedo, cujo conteúdo não tinha a ver com eleição: “Queremos saber bispo (sic) do seu posicionamento sobre a eleição pra presidente”. O bispo Macedo respondeu de forma direta: “Bolsonaro”.

Em eleições anteriores, a Igreja Universal apoiou a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), hoje candidata ao Senado em Minas Gerais. O PRB, partido ligado à igreja criado durante o governo Lula, participou das duas últimas gestões petistas, mas desembarcou do governo e apoiou o impeachment. A sigla comanda o Ministério da Indústria no governo Michel Temer.

A Universal decidira ficar “neutra” na disputa presidencial, sem fazer declarações oficiais, nem indicar posição. Uma fonte com trânsito na cúpula da denominação disse que a posição poderia ser revista ao longo da semana, e outros líderes religiosos evangélicos esperavam um posicionamento do Bispo Edir Macedo. Oficialmente, a Universal disse à reportagem, na quinta-feira à noite, que “incentiva a todos os cristãos, de todas as denominações, a escolherem candidatos comprometidos com os valores da família e da fé”.

Um dos elos entre a campanha de Bolsonaro e líderes da Universal são os integrantes da comunidade judaica que colaboram com a campanha do PSL e mantêm vínculos com religiosos graduados da igreja. A Universal adotou a simbologia judaica, e o ex-capitão do Exército também passou a se posicionar de acordo com bandeiras defendidas por Israel. Em 2016, viajou ao País com os filhos, e foi batizado no Rio Jordão pelo pastor Everaldo Pereira, da Assembleia de Deus Ministério Madureira.

6 Comentários

  1. ENTRE UM TIRO NA CABEÇA COM HADAD E UM TIRO NO PÉ COM BOLSONARO, PREFIRO VIVER MANCANDO…

  2. Beto Fuscão, chamar Edir Macedo de ” evangélico chupeta”, é no mínimo hilário para não dizer outra coisa. Não frequento a Igreja Universal mas reconheço nela uma força incontestável junto às comunidades de diferentes gamas sociais.Edir Macedo, para mim, é o maior influenciador do país no momento. Sua presença no cenário político, ao lado de Jair Bolsonaro, é um atestado de que para a Universal o Brasil está à frente dos interesses vermelhos que infestam nossas escolas tentando distorcer até o gênero de nossos filhos.Ainda é tempo, repense seu comportamento.

  3. Isso é natural!
    Qualquer cristão com o mínimo de decência jamais apoiaria quem defende molestadores de criança, achacadores, assassinos e toda sorte de bandidos.
    Como se não bastasse, se sentem no direito de cobrar o respeito que eles mesmos não praticam. As mídias sociais estão carregadas de vídeos onde os “esquerdopatas” desrespeitam a fé cristã; demonstram total desapego à união familiar; estimulam o consumo de drogas;a liberação sexual tota; a erotização de crianças etc.
    Cada um é dono do seu nariz e faz da sua vida o que quiser mas, não se esqueçam que o direito de cada um acaba exatamente onde começa o direito do outro.
    Eu posso até não concordar com o que você acredita mas, eu tenho que, se necessário, brigar pelo seu direito de defender suas ideias (se elas não forem criminosas!) . Contudo, se penso assim, tenho o direito de exigir de você o mesmo comportamento, respeitando também minhas minhas crenças e minhas opiniões.

Comente